Câmara aprova diploma para homenagear chefs

A fim de homenagear a classe dos chefs de cozinha e todo o setor gastronômico, uma das áreas que mais crescem em Campinas, a Câmara de Campinas aprovou projeto de decreto legislativo, de autoria do vereador Luiz Rossini (PV), que concede Diploma de Mérito Gastronômico a pessoas ou entidades que tenham se destacado por suas contribuições para o desenvolvimento da gastronomia no âmbito do município.

De acordo com a propositura, a honraria será entregue aos agraciados em reunião solene marcada, preferencialmente, no dia 10 de maio, data em que se comemora o Dia do Cozinheiro e o Dia do Gastrônomo. O diploma ainda poderá ser outorgado a título de homenagem póstuma para representante da família.
“A gastronomia tem sido um fator importante de difusão de hábitos e tradições culturais associados à alimentação. ?? um ramo da economia que tem impulsionado e dado sustentação ao turismo local, gerado trabalho e renda e oferecido a possibilidade das pessoas e famílias se encontrarem em eventos gastronômicos. Os profissionais da gastronomia têm contribuído, com relevância, no desenvolvimento dessa atividade em nosso município, por isso a concessão de uma honraria especial é uma forma de reconhecimento e estímulo”, descreve Rossini no texto da justificativa do projeto.
Além de chefs e cozinheiros, a proposta pretende valorizar todos os profissionais que atuam no ramo, pois a gastronomia abrange a culinária, as bebidas, os materiais usados na alimentação e, em geral, todos os aspectos culturais a ela associados, como um sommelier, um produtor de eventos ligados à área, uma escola de cursos de culinária, um restauranter entre outros.
Nos últimos anos, Campinas tem ganhado destaque nessa área. Vários eventos, como o Chefs na Praça, o Festival Gastronômico de Campinas, o Festival de Inverno de Sousas e Joaquim Egídio e os Festivais de Food Truck levam diversão e alegria para milhares de famílias de Campinas.

Polo Gastronômico
Nesse mesmo setor, Rossini é autor da lei que cria o Polo Gastronômico, Cultural e Turístico na região compreendida pelos bairros Guanabara, Botafogo, Castelo e Jardim Chapadão. A proposta tem o objetivo de potencializar o viés cultural e turístico de Campinas, principalmente nesta área da cidade, em razão da variada oferta de bares e restaurantes, praças e bosques, além de ruas calmas e bom fluxo de veículos.
O Polo Gastronômico, além de promover o desenvolvimento econômico e turístico, deve gerar emprego e renda e receber infraestrutura do poder público no sentido de garantir a manutenção do patrimônio, entre outras atividades.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE