Classificação de risco agiliza atendimento na UPA 24h

O novo Protocolo de Classificação de Risco adotado pela UPA (Unidade de Pronto Atendimento) 24h Macarenko e pelo PA (Pronto Atendimento) Matão, unidades mantidas pela Prefeitura de Sumaré, tem garantido uma assistência adequada aos pacientes que procuram por estas unidades, priorizando aqueles que precisam de um atendimento mais imediato.
Trata-se de um método do Programa ???Humaniza SUS (Sistema ??nico de Saúde)???, adotado pelas melhores unidades públicas e privadas de Saúde em todo o país, que busca a identificação rápida ??? e científica ??? do quadro clínico do paciente, para determinar a ordem de atendimento. A medida foi implementada pela Organização Social Pró-Saúde, responsável pela gestão administrativa destas unidades.
A UPA 24h do Jardim Macarenko é principal unidade da Rede Municipal de Saúde mantida pela Prefeitura de Sumaré na Região Central da cidade. Já o PA (Pronto Atendimento) do Matão é dos quatro pontos estratégicos municipais de atendimentos de urgência. (Os outros são: PA do Parque das Nações, PA Nova Veneza e PA Maria Antônia ??? estas três geridas pela Secretaria Municipal de Saúde).
Ao chegar UPA ou no PA Matão, o paciente é avaliado por um enfermeiro numa Sala de Acolhimento especialmente reservada para este primeiro contato com a equipe. ???A partir da análise da queixa, dos sinais vitais e da idade do paciente, o enfermeiro faz a classificação de risco com base no protocolo determinado pelo SUS???, explicou a gerente de Enfermagem da UPA Macarenko, Liamara Kano Bariviera.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE