Edit

Claro viabiliza acesso à educação básica online

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, milhares de jovens brasileiros se afastaram das salas de aula em função do isolamento social, muitos deles sem condições de seguir o estudo a distância. E esse cenário se torna ainda mais desafiador para aqueles estudantes que prestarão o Enem 2020 e contam muitas vezes apenas com o celular para se preparar. Embora o exame tenha sido recentemente adiado, o período de isolamento social requer que os estudantes se preparem a distância, e o acesso a este conteúdo e à internet tem sido um desafio para muitas pessoas que perderam renda ou emprego durante a pandemia.

Com o propósito de ajudar essa parcela da população, a Claro se uniu ao Descomplica, uma das principais plataformas de preparação online para o Enem. A partir de agora, todos os clientes do Prezão da Claro terão acesso gratuito à plataforma de estudos e sem consumir o plano de internet móvel. Tudo por meio do smartphone, que em muitas casas é a única forma de acesso. E válido para planos diários, semanais ou mensais. A assinatura do serviço Descomplica tem custo mensal de R$19,99 e será cedida gratuitamente pela parceria. Além disso, a Claro arcará com o custo de navegação para assistir as aulas e acessar todos os conteúdos.

A parceria das empresas prevê acesso gratuito ao Descomplica para os clientes do Prezão da Claro até a realização da prova do Enem 2020. O dimensionamento da rede levou em consideração os cerca de 6 milhões de estudantes que se inscrevem anualmente e, caso a demanda seja maior que a esperada, o comitê de crise da operadora poderá rever a oferta para manter o acesso normalizado.

“Sem as aulas presenciais, a internet se tornou ainda mais fundamental para os estudos. Com a parceria do Descomplica e o Prezão da Claro, queremos garantir acesso a quem mais precisa. Além da melhor conectividade móvel, com o 4.5G mais rápido do Brasil, vamos colaborar no fomento à educação nessa parceria inédita com o Descomplica. Juntos, Claro e Descomplica garantem acesso universal, ilimitado e gratuito a conteúdos educacionais para a nossa população mais carente, um dos pilares apoiados pela Claro por meio do Instituto Claro e para o qual o Descomplica se dedica há muitos anos, declara Paulo César Teixeira, CEO Unidade de Consumo e PME da Claro.

Cultura, Educação e Cidadania como pilares

Por meio do Instituto Claro, a Claro mantém diversas ações e parcerias voltadas para levar educação a quem mais precisa. Uma delas com o Unicef em iniciativas como o combate à distorção idade-série, que resulta em abandono escolar, e para a formação de educadores em todo o país.

Além da educação, cultura e cidadania também são foco da atuação do instituto. Nesse sentido, a Claro vem apoiando diversas iniciativas filantrópicas com arrecadação revertidas para a Central Única de Favelas – CUFA para apoiar o projeto Mães da Favela. A ação promovida pelo Instituto Claro acontece em diversas frentes: doações em lives, campanha de voluntariado dos colaboradores da empresa (Conexão Voluntária), e junto aos clientes – inclusive com a possibilidade de trocar pontos do programa de fidelidade da Claro (Claro clube) por doações.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE