Cineasta Bernardo Bertolucci morre aos 77

O cineasta Bernardo Bertolucci, um dos mais conhecidos nomes do cinema italiano da segunda metade do século 20, com obras como ??ltimo tango em Paris, 1900 e O último imperador, morreu em Roma aos 77 anos, disseram assessores.
Ele foi o único diretor italiano a receber o Oscar de melhor filme, por O último imperador, de 1987. O drama sobre o último imperador chinês recebeu nove estatuetas, ou todas em que foi indicado.
Bertolucci ficou famoso por ??ltimo Tango em Paris, de 1972, com Marlon Brando e Maria Schneider. O filme sempre foi polêmico por causa da controversa cena de sexo anal entre Brando e Schneider, então com 19 anos. A polêmica aumentou ainda mais nos últimos anos, depois de declarações de Schneider de que não sabia que a cena seria gravada.
Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, em 2007, Schneider afirmou que se sentiu de fato estuprada e que deveria ter telefonado para seu agente antes de gravar a cena. Ela negou que tenha havido sexo durante a gravação.
Em resposta, Bertolucci disse que a cena constava do roteiro e que Schneider não havia sido informada de que seria usada manteiga. “Eu queria a reação dela como menina, não como atriz”, afirmou o cineasta em 2013. Ele disse se sentir culpado e lamentou não ter pedido desculpas a ela, que morreu em 2011, aos 58 anos.
Em 2011, Bertolucci recebeu a Palma de Ouro honorária pela sua obra, em Cannes. Ele também recebeu homenagem semelhante do Festival de Veneza.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE