Chuva derruba árvores e causa estragos em Nova Odessa

As fortes chuvas que atingiram Nova Odessa no final da tarde de segunda-feira (21) provocaram queda de árvores, danos em passeios públicos, diversos pontos de alagamentos e transbordamento do Ribeirão Quilombo. Porém, nenhuma casa foi afetada.

De acordo com a Defesa Civil, foram registrados pontos de alagamentos em várias regiões da cidade. Os mais críticos ocorreram nas avenidas Carlos Botelho, Rodolfo Kivitz e Ampélio Gazzetta, além da Rodovia Astrônomo Jean Nicolini, no cruzamento com a Avenida Brasil, e das ruas Anchieta, João Bassora e Sigesmundo Andermann.

A ação da enxurrada causou a queda de duas árvores, segundo o órgão municipal. Uma na Estrada Rodolfo Kivitz e outra na Avenida Industrial Oscar Berggren. Ninguém se feriu. Além disso, as águas pluviais danificaram parte da nova calçada do Bosque Manoel Jorge, que fica no Jardim Santa Rosa e passa por obras de revitalização.

 

O nível do Ribeirão Quilombo subiu 1,40 metro na noite de segunda-feira e transbordou na altura dos bairros Vila Azenha, Jardim Flórida e Jardim São Jorge. Nenhuma residência, no entanto, foi atingida. Na tarde desta terça (22), o Quilombo estava 50 centímetros acima do normal, sem risco de transbordamento, mas sob monitoramento da Defesa Civil.

Segundo o pluviômetro instalado na ETA (Estação de Tratamento de Água) da Coden Ambiental, choveu 68 milímetros no município entre as 8h de segunda e as 8h desta terça. São 271.4 mm de chuva acumulados em dezembro, quase o dobro da média para o mês nos últimos três anos (167mm em 2017, 104,4mm em 2018 e 140,3 mm em 2019).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE