Chelsea segura Atlético em Madri

A primeira partida das semifinais da Liga dos Campeões, nesta terça-feira, acabou tendo como protagonista José Mourinho. Atlético de Madri e Chelsea não saíram do 0 a 0 na Espanha, e muito em razão da retranca implementada pelo técnico português. Assim, mesmo com a pressão do Atlético, o Chelsea irá para a Inglaterra precisando de uma vitória simples para chegar à decisão.
Mourinho jogou como o Chelsea fez em 2012, na semifinal contra o Barcelona, também na Espanha – quando Roberto Di Matteo levou os ingleses à decisão. Com apenas um atacante (Torres), escalou cinco defensores (David Luiz de volante) e três meias defensivos (Lampard, Mikel e Ramires) como os responsáveis pela ligação com o ataque. Assim, impediu que o Atlético entrasse na área e produzisse lances de perigo, apesar da posse de bola dominante: 61%.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE