Ceni e Cuca perdem empregos de técnico

Sem clima com o elenco do Cruzeiro, a saída do técnico Rogério Ceni parece questão de tempo. E a diretoria já tem um nome preferido: Dorival Júnior, que está sem clube desde o fim do ano passado, quando deixou o Flamengo. O treinador já havia ficado em pauta na Toca quando Mano Menezes saiu, em agosto deste ano. Em contato com o GloboEsporte.com, Dorival descartou assumir qualquer trabalho no momento, já que tem uma cirurgia marcada.
O diretor de futebol Marcelo Djian fez um primeiro contato com o treinador na manhã desta quinta-feira. Dorival, num primeiro momento, não aceitou a proposta. O treinador nega que tenha recebido qualquer oferta do Cruzeiro.
CUCA FORA– Cuca não é mais o treinador do São Paulo. Após a derrota da equipe paulista para o Goiás, no Morumbi, o treinador encerrou a sua segunda passagem pelo Tricolor do Morumbi. As informações são do repórter Umberto Ferretti, da Rádio Bandeirantes.
Cuca esteve à frente do clube paulista por cinco meses. De acordo com informações, o treinador pediu para sair e alegou que não conseguia fazer o time jogar. A pressão era forte nos bastidores para a troca de comando.
O treinador teve o aproveitamento de 47,4% de aproveitamento, em 26 jogos: nove vitórias, dez empates e sete derrotas. O mais provável agora é que o coordenador Vagner Mancini assuma a equipe.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE