Celso Ávila pede informações sobre funcionamento da Defesa Civil no Município

O vereador Celso Ávila (PV), por meio de requerimento protocolado hoje (29), pede informações sobre a Defesa Civil de Santa Bárbara d´Oeste. O parlamentar lembra que, de acordo com a Lei nº 12.608/2012, é dever da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios adotar as medidas necessárias à redução dos riscos de desastre. No requerimento, Celso indaga se o município possui um plano de contingência e se esse plano foi atualizado. Ele também pergunta o número de pessoas que integram a Defesa Civil de Santa Bárbara d´Oeste e se esse órgão recebe panfletos da Defesa Civil Estadual para trabalhos de prevenção, orientação e treinamento nas áreas de risco.
O vereador também questiona se o monitoramento em área de risco é feito e, em caso de resposta positiva, qual é o cronograma de serviço elaborado pelo coordenador. Outro questionamento feito pelo parlamentar é com relação à existência de um mapa de risco atualizado. Em caso de resposta positiva, ele pede uma cópia desse mapa.
Ainda no requerimento, Celso Ávila pergunta se a Defesa Civil recebe alguma verba do Município, qual o valor e como ela é empregada. Quantos veículos esse órgão possui, se tem sede própria e se o telefone 199 funciona 24 horas por dia são outras indagações apresentadas pelo vereador no documento.
O vereador pergunta, ainda, se alguma família precisou utilizar o auxílio aluguel em função das chuvas de final de ano. Ele também questiona se o projeto Defesa Civil nas escolas está em funcionamento e o número de unidades de ensino que já recebeu esse projeto.
O funcionamento de cursos de formação de agentes e a existência de cargo oficial de Agente de Defesa Civil são alguns dos questionamentos. Por fim, o parlamentar cita a crise hídrica vivida pelo Estado e questiona se a Defesa Civil do Município pode solicitar recursos ao Governo Federal.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE