CEI da Forty: Larguesa é ouvido

Luis Vanderlei Larguesa, que atuou como vice-prefeito e prefeito interino na Administração passada, foi ouvido nesta quinta feira, pela CEI que analisa denúncia feita por Walter Jorge Paulo Filho, dono da Forty Engenharia, a respeito da modificação da ordem de pagamentos da Prefeitura e da mudança da competência de contratos da Secretaria Municipal de Obras para a de Meio Ambiente. Larguesa confirmou a quebra na ordem cronológica de pagamento, em função de necessidades urgentes da Administração Municipal, mas ressaltou que esse tipo de medida já ocorria durante a gestão do ex-prefeito Mário Heins. Ele também confirmou a mudança de competência de contratos, negando, no entanto, a existência de irregularidades nessa ação.Além de Larguesa, a CEI que analisa contratos da Forty Engenharia com a Prefeitura também ouviu hoje o servidor público Sebastião Dias da Silva Neto, responsável pela pesagem do material descartado no aterro sanitário do Município. O depoimento dele serviu para esclarecer pontos a respeito do descarte irregular de lixo nos ecopontos e no aterro sanitário. Os dois depoentes de hoje citaram os nomes de novas testemunhas que serão convocadas a depor pela CEI. A previsão é que na próxima semana sejam ouvidos Edvaldo Volponi, ex-secretário de Meio Ambiente, e o dono da Forty, Walter Filho. Novas reuniões para ouvir testemunhas terão início após o recesso da Câmara, realizado entre 15 de dezembro e 15 de janeiro. Os integrantes da comissão já efetuaram pedido de prorrogação de prazo para a entrega do relatório final.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE