CEI- Advogado de empresa fala em constrangimento

O advogado da empresa Cristiano Bueno Prospecção de Negócios Ltda, que denunciou suposta irregularidades na concorrência para prestação de serviços de tecnologia para a Educação em Americana, apareceu ontem na Câmara e deu entrevista.
Ele disse que o dono da empresa foi constrangido por 3 vereadores que foram até sua casa. Foi registrado BO de preservação de direitos.
Presidente da CEI, o vereador Valdecir Duzzi (SD) disse que ainda é muito cedo para conclusões. Ele pretende se ater ao posicionamento e orientações do TCE (Tribunal de Contas do Estado). “(O TCE) é um órgão importante para balizarmos o caminho da CEI”, disse.  
A empresa registrou denúncia na prefeitura e no TCE sobre o pregão presencial aberto para contratação de uma empresa de fornecimento de serviços de informática para a Secretaria de Educação.
No documento, é dito que orçamento da empresa Maestro Sistemas Públicos, de Americana, foi utilizado como base para montar o edital do pregão presencial nº 028/2015, processo nº 27.127/2015.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE