CCZ intensifica divulgação de prevenção da Leishmaniose

Entre os dias 05 e 10 de agosto, acontece a Semana Estadual de Controle da Leishmaniose, uma doença transmitida pelo mosquito palha que pode matar pessoas e cães. Americana, através do Centro de Controle de Zoonoses, vai intensificar a divulgação sobre a enfermidade e sua forma de prevenção. Durante a Campanha de Vacinação Antirrábica, que tem inicio no próximo sábado e termina no final de setembro, folhetos informativos serão distribuídos.

 Para evitar a doença é necessário que os moradores mantenham o quintal limpo de folhas, folhagens, frutas caídas, troncos podres e fezes de animais para evitar a criação e proliferação do mosquito. Galinheiros, chiqueiros e abrigos de animais devem ficar afastados da casa e sempre limpos. Além disso, são também medidas importantes e que contribuem para o controle da doença colocar telas finas em janelas e portas da casa, manter a saúde e higiene dos animais, utilizar coleiras repelentes de insetos e não permitir que o cachorro fique solto nas ruas.  A Leishmaniose humana é uma doença crônica, caracterizada por febre de longa duração, perda de peso, anemia e crescimento do baço. O diagnóstico e tratamento estão disponíveis na rede pública de saúde. Já a Leishmaniose canina provoca apatia, lesões de pele, queda de pêlos, emagrecimento, lacrimejamento e crescimento anormal das unhas. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE