CBF demite Dunga e espera Tite

Dunga foi demitido do comando da seleção brasileira nesta terça-feira (14) após a eliminação precoce na fase de grupos da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções, também está fora.
Em decisão do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, o treinador que estava no comando desde o fim da Copa do Mundo de 2014 teve o contrato rescindido e já está fora, também, da Olimpíada do Rio, em agosto. Tite, do Corinthians, é o preferido da entidade para assumir o posto e chega ao Rio de Janeiro no início da noite. Ele deixou o CT Joaquim Grava, em São Paulo, por volta das 18h25. 
Os dirigentes da CBF têm pressa para acertar com o comandante corintiano. Uma conversa ocorrerá já na noite desta terça. Tite seguiu para o Rio de Janeiro em um jato particular e se encontrará com a cúpula da seleção na região da Barra da Tijuca, zona oeste, próxima à sede da entidade. Com conversas já iniciadas entre representantes dos dois lados e uma negociação avaliada como positiva, o anúncio ocorreria na sequência.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE