Cauê com taça pega mal com jogadores corinthianos

Ao menos dois corintianos reprovaram a atitude de do deputado estadual Cauê Macris na entrega da taça do tricampeonato do Corinthians neste domingo. O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aparece, durante a comemoração, erguendo a taça junto com o capitão e goleiro do time, Cássio. 
Os jogadores estranharam a atitude do político, e Cássio afirmou ter sido surpreendido com a atitude de Cauê, ao erguer a taça. 
“Eu não vi, só vi que tinha uma pessoa puxando a taça, e eu puxava para erguer e tinha uma pessoa. Eu não sabia. Geralmente eles me dão a taça e eu ergo. Mas eu não sabia quem era. Vi depois que era um político, li em algum site. O que interessa é que o Corinthians foi campeão, todo mundo ergueu a taça e saiu feliz da Arena”, disse Cássio. 
O atacante do time, Vagner Love, também reclamou da presença política no momento da comemoração. 
“Eu fico boladão, velho. Fico bolado com essa parada aí. Quem tem que estar ali é a gente, os amigos, família, os companheiros que ralam no dia a dia. Mas entrou ali, participou, levantou o troféu”, afirmou Vagner.
O volante Ralf ainda disse que ‘aquela pessoa’ deveria conhecer alguém para estar ali, naquele momento. 
“Tem hora ali que encosta tanta gente, que a gente nem sabe de onde vem. Era um momento nosso. Não vi essa foto, nem sei quem é a pessoa. Seria legal se fosse só nós, mas se essa pessoa teve a oportunidade de estar ali, deve conhecer alguém”, disse Ralf.
Além de Cauê estavam o senador Major Olímpio (PSL) e o secretário estadual de esportes. Aildo Rodrigues. 
Com informações Globo Esporte

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE