Caso Madeleine. Novo suspeito 13 anos depois

Treze anos depois do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann — e com 600 pessoas tendo sido investigadas no caso — a polícia do Reino Unido tem um novo suspeito de ter sequestrado a menina.

Madeleine despareceu em Portugal, em um resort onde passava férias com a família, em 2007. As investigações inicialmente foram feitas pela polícia portuguesa, mas após anos sem pistas, foram assumidas pela Scotland Yard em 2011. Os pais da menina seguem com apelos públicos por informações que possam indicar seu paradeiro.

Em 2013, foto de suspeito foi divulgada

Agora, treze anos depois, novas pistas levaram a polícia a um suspeito: um homem que está atualmente preso na Alemanha e que morava em Portugal na época do desparecimento da menina.

Quem é o suspeito
A identidade completa do suspeito não foi revelada pelas autoridades, mas sabe-se que ele tem hoje 43 anos e está preso na Alemanha.

Segundo a polícia alemã, o homem já foi condenado anteriormente por abuso sexual de crianças e hoje cumpre uma “longa sentença” na Alemanha por um crime não relacionado ao caso.

O suspeito morou na região de Algarve, em Portugal, entre 1995 e 2007, segundo autoridades britânicas, e morou na praia onde a menina despareceu. O homem estava na longa lista de pessoas investigadas pela polícia em 2007 — 600, no total — mas na época ele não era suspeito. Agora novas pistas colocam o homem como principal suspeito na investigação.

Segundo as autoridades britânicas, o homem havia trabalhado em restaurantes, chegou a morar em uma van e tinha um histórico de invadir hotéis para roubar e de tráfico de drogas na região onde a família de Madeleine estava de férias.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE