Caso Lázaro: o desfecho que ainda divide opiniões na internet

Teve fim na manhã da última segunda-feira (28) as buscas por Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos. O assassino foi baleado e morto, em Goiás, durante um confronto com integrantes da força-tarefa.

 

A morte do ‘Serial Killer’ do Distrito Federal, teve uma enorme repercussão nas redes sociais e imediatamente, dividiu as opiniões dos usuários da internet, sobretudo no Twitter, o qual houve grupos favoráveis à morte e comemoram o desfecho do caso, e outros que não estavam de acordo e julgaram a atitude da polícia.

No entanto, o empresário e especialista em reputação digital Fred Furtado diz que o comportamento dos usuários foi natural visto que o meio é um local específico de opiniões. “Os internautas sempre procuram se pronunciar sobre os que lhes convém, como foi o caso dessa busca pelo Lázaro: bandido, perigoso, que até então não tinha ninguém que o defendesse. Mas da maneira como ocorreu sua captura, o grupo que estava recuado e em silêncio viu brecha para se pronunciarem”, disse.

“A internet é uma grande engrenagem o qual o rumo do assunto será determinado pela atitude de um grupo e toda ação tem uma reação e as consequências são naturais. Às vezes, se ele tivesse se entregado a repercussão seria outra”, completa.

Analisando de maneira separada, em relação ao grupo contrário a ação policial, o especialista fala. “Esse era um grupo que estava em silêncio e, acredito eu, favoráveis a captura do bandido. Mas, a partir do momento em que o Lázaro teve seus direitos silenciados, e o grupo defensor dos Direitos Humanos entendeu, eles entraram em ação”, explica.

Já em relação às comemorações, o alívio é o sentimento que o empresário descreve. “Os policiais foram alvo de chacotas na internet durante esses dias e, claro que eles observando isso na internet, um sentimento particular iria surgir em cada um”, finaliza.

Sobre Fred Furtado

Fred Furtado é um executivo com foco na área digital, marketing de influência, performance e produção de conteúdo. Além disso, é especialista em social B.I e marketing de influência.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE