Caso dos tablets sinaliza divórcio Omar x Luciano

O apoio do vereador Luciano Correa (SD) ao governo Omar Najar (PMDB) deve se transformar em embate a partir desta semana. Existe uma ‘busca frenética’ no governo para caçar informações e dados que incriminem ex-secretários e o ex-prefeito Diego De Nadai (PSDB). No final de semana, Najar declarou que a prefeitura pagou R$ 37 mil por unidade de vários tablets que vieram junto com um programa pedagógico.

CONTRA ATAQUE– Correa deve apresentar resposta de requerimento feito à administração indicando que os tablets fazem parte do pacote e que as notas indicam a compra do programa. Por enquanto são acusações de lado a lado.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE