Casamento ajuda no combate a câncer

Pessoas com câncer vivem mais se forem casadas. Esta foi a conclusão de uma pesquisa realizada por Ayal Aizer e Paul Nguyen, da Universidade Harvard, que revelou que, em média, estes pacientes apresentam diagnóstico mais precoce e também dão mais atenção ao tratamento. O estudo foi publicado no ???Journal of Clinical Oncology???.

Foram analisados 735 mil casos de câncer nos EUA identificados entre 2004 e 2008. A influência positiva do casamento apareceu para diversos tipos da doença: pulmonar, colorretal, de mama, de pâncreas, de próstata, hepático, linfoma não-Hodgkin, cabeça e pescoço, de ovário, e de esôfago.

O estudo ainda mostra que os solteiros possuem chances 53% menor de um tratamento adequado, além de uma tendência 17% maior de que seu câncer chegue a metástase. De acordo com Paul Nguyen, o estudo serve para mostrar aos parceiros dos pacientes que sua participação no tratamento também é importante e pode fazer diferença no resultado.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE