Carros vão pagar R$10 para estacionar no Parque Ecológico

O Conselho Gestor e o Conselho Fiscal do Fundo Especial de Revitalização e Manutenção do Parque Ecológico Municipal de Americana e do Jardim Botânico definiram que a cobrança do estacionamento do Parque Ecológico terá início no dia 14 de janeiro de 2020. No período de 2 a 13 de janeiro, os usuários precisam realizar todo o procedimento como teste, mas não devem efetuar o pagamento. Os locais são administrados pela Secretaria de Cultura.  
A empresa 3A Multimídia e Sistemas Ltda EPP foi a vencedora do processo licitatório, realizado em 2017, para a prestação de serviços de gerenciamento de sistema integrado e informatizado de controle de acesso e venda de ingressos e tickets de estacionamento para visitantes no Parque Ecológico. 
Em reunião do Conselho Gestor, criado pela Lei Municipal nº 5999/2016, realizada no dia 3 de dezembro, ficou aprovada a data de início da cobrança, assim como os seguintes valores: estacionamento de ônibus, micro-ônibus e vans terá o valor de R$ 50,00 (somente de segunda a sexta-feira, exceto feriados), carros de passeio terá o valor de R$ 10,00 e motos R$ 5,00. O estacionamento vai contar com seguro para todos os veículos durante o período que permanecerem no local.
De acordo com o presidente do Conselho Gestor, João Carlos Tancredi, todos os recursos arrecadados com a cobrança do estacionamento serão revertidos integralmente para melhorias no Parque Ecológico e Jardim Botânico, assim como já é feito com os valores da bilheteria. “Desde que iniciamos a cobrança da bilheteria do Parque Ecológico, já foi possível realizar muitas melhorias, como recapeamentos, desassoreamentos, reformas de diversos recintos, construção de sanitários, que serão entregues já no início do ano, e muitas outras ações”, ressaltou.
Tancredi explicou que o valor de cobrança do estacionamento é acessível e que esta é uma prática comum em diversos Zoológicos do País. “Com mais esse recurso, será possível realizar ainda mais avanços, oferecendo condições ainda melhores para os animais e os visitantes”, comentou o presidente.
Também ficou definida na última reunião realizada pelo Conselho Gestor os projetos de investimentos para 2020, tanto no Parque Ecológico como no Jardim Botânico. Devem ser adquiridos no próximo ano: um caminhão F4000; um trator pequeno; uma bobcat; um carrinho elétrico; uma câmara fria para conservação de carnes e legumes; aquisição de brinquedos com acessibilidade para crianças.
Devem ser realizadas ainda as reformas dos recintos dos canídeos, pequenos e grandes felinos, urubu rei, e cracídeos; construção de portaria na rua lateral do Parque Ecológico; reforma da entrada do Jardim Botânico e construção do orquidário no local. Caso necessário, essa programação de aquisições e obras pode ser alterada por deliberação do Conselho Gestor.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE