Caqui: bom pra consumir e dicas para comprar

Apesar de ser uma fruta originária da região asiática, o sabor adocicado do caqui conquistou o paladar brasileiro e, graças ao clima tropical do país, conseguiu se adaptar ao plantio para alegria de quem gosta de consumi-lo com regularidade.

Além de ser bastante procurado pela suculência, o alimento é conhecido por ser rico em vitaminas e, portanto, traz grandes benefícios para manter a saúde em dia.

Com aproximadamente 120 kcal para cada 100g da fruta, o caqui é considerado um grande aliado para promover energia ao corpo. Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti, indica os seus benefícios nutricionais.

“Por ter uma grande quantidade de vitamina C, a fruta aumenta a imunidade corporal e também atua como antioxidante, com a função de inibir e/ou reduzir os danos causados pela ação dos radicais livres”, informa.

Renata ainda explica que o caqui é uma fonte interessante de potássio, capaz de auxiliar no controle da pressão arterial e na diminuição de câimbras.

Por apresentar esses benefícios, o seu consumo antes e depois da realização de atividades físicas pode ser uma aposta interessante para manter a performance e estimular um bom desempenho durante o exercício.

A nutricionista aproveita para destacar que o alimento possui uma alta taxa de licopeno, que está relacionado à prevenção de doenças cardiovasculares e câncer de próstata. O cabelo, a visão e o retardamento do envelhecimento precoce também são outros aspectos que a fruta pode trazer melhorias ao ser inserida no cardápio.

Com riqueza de fibras, o caqui é uma boa aposta para o funcionamento do intestino. Além disso, por possuir essa mesma qualidade, a fruta é capaz de auxiliar na perda de peso, visto que fornece maior tempo de saciedade.

“O melhor de tudo é que há várias maneiras de consumi-lo. Apostar na forma in natura, em lanches ou em sobremesas, é o ideal. Entretanto, é possível incluí-lo em receitas como geleias, sorbet, tortas doces, mousses e até mesmo pavês. Uma fruta bastante versátil, já que também podemos trabalhar com receitas salgadas, como molhos para massas, saladas e canapés”, indica.

Como escolher o caqui?

Na hora da compra, vale a pena observar a cor da casca do caqui, que deve estar entre o tom alaranjado e o vermelho.

É importante observar se essa superfície está íntegra, sem bolores. “Se a casca tiver alguma rachadura, o caqui deverá ser consumido mais rapidamente.

Ao toque, a polpa deve estar firme. Caso esteja muito amolecida, também deverá ser consumido mais rapidamente. O armazenamento deve ser feito em geladeira, para maior vida útil da fruta”, aconselha Renata.

Para deixar as refeições da rotina mais saborosas, a nutricionista separou três receitas com o caqui como um grande protagonista para obter suculência.

Confira:

Compota de caqui

4 caquis maduros picados
½ xícara (chá) de açúcar demerara
Suco de 1 limão

1) Em uma panela, adicione os caquis e o açúcar

2) Cozinhe por 5 minutos ou até começar a desmanchar.

3) Coloque no liquidificador e bata por 1 minuto.

4) Volte o creme para a panela e acrescente o suco do limão.

5) Cozinhe em fogo baixo até começar a engrossar (em média 5 minutos).

6) Leve à geladeira e sirva com pães e torradas ou como doce de colher.

 

Molho de caqui para carnes

1 colher (chá) de azeite de oliva
1 dente de alho amassado
1 cebola picada ou ralada
1 colher (chá) de mostarda
2 caquis maduro picados
1 xícara (chá) de vinho tinto
2 colheres (sopa) de salsinha

1) Em uma frigideira, adicione o azeite, a cebola e o alho. Refogue bem.

2) Acrescente o restante dos ingredientes, exceto a salsinha.

3) Mexa delicadamente, deixe encorpar, até o caqui amolecer ligeiramente.

4) Tempere com a salsinha e sirva sobre bifes grelhados ou carne assada em fatias.

Creme saudável de caqui

3 caquis grandes e bem maduros
1 colher (sopa) cheia de sementes de linhaça
1 colher (sopa) cheia de chia em sementes
5 tâmaras sem caroço picadas
1/2 xícara (chá) de água

 

1) Deixe a linhaça e as tâmaras de molho na água por pelo menos 20 minutos.

2) Bata no liquidificador junto com os caquis e a chia, até ficar homogêneo.

3) Despeje em duas taças e leve para gelar.

4) Se desejar, coloque castanhas trituradas ou nibs de cacau por cima.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE