Cantar com frequência melhora doenças respiratórias

Para melhorar a qualidade de vida de quem sofre com problemas respiratórios, a Universidade de São Paulo realizou um estudo com 43 pessoas que sofrem de doenças pulmonares obstrutivas crônicas, mais conhecidas como DPOC. 

Esse grupo foi dividido em dois, sendo um que recebeu aulas de cantos semanais e outro que participou de práticas manuais. Os participantes foram avaliados antes e após concluir 24 aulas.Nos que praticaram canto, ao final de cada aula, observou-se uma redução no volume de reserva expiratória e melhora nos sintomas de falta de ar. Ou seja, quem praticou canto, teve um complemento significativo à terapia convencional.
Esse estudo provou que o canto oferece benefícios no funcionamento pulmonar, resultando na qualidade de vida para as pessoas que sofrem com doenças respiratórias.
Exercícios vocais é uma alternativa de tratamento para problemas respiratóriosCantar é um ótimo exercício para as cordas vocais e contribui também com pacientes que sofrem com doenças respiratórias no inverno. A alternativa é tão eficaz que até um hospital em Londres começou a oferecer aulas de cantos para que os pacientes pudessem exercitar as cordas vocais e aliviar os problemas de respiração e pulmonares.
Através das aulas de canto, os pacientes encontram alívio respiratório causado pelo enfisema, asma e doença pulmonar. As técnicas adotadas por cantores contribuem eficazmente com os pacientes.E por ser algo que as pessoas gostam, ou seja, cantar, esse método se torna agradável e positivo. Os pacientes aprendem a controlar a respiração através de métodos que vai além da fisioterapia. Além disso, eles aprendem a sincronizar mais devagar cada expiração e executar inspirações profundas. 
Aulas de canto contribuem para aliviar doenças respiratórias, mas não substitui outros métodos ?? importante frisar que as aulas de canto ajudam os pacientes a terem melhor qualidade de vida, principalmente no outono e inverno, que são as estações com maior registro de internações por conta do problema.Porém, o canto oferece método que devem ser complementados com tratamentos tradicionais, conforme cada caso. Cantar oferece exercícios que melhoram esse problema, mas nem todos querem soltar a voz.Especialistas indicam também que, para esses casos, outras atividades podem fazer parte do tratamento, com técnicas de respiração similares, como yoga, por exemplo. Cantar, além de melhorar a capacidade pulmonar, é divertido, alivia o estresse e fortalece a barriga. ?? uma prática que deve ser considerada em todas as estações e por todas as pessoas, não acha?Por: Andreia Silveira, colaboradora do site PlanodeSaúde.net.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE