Férias. Cansaço e estrada resultam em cochilo no volante

Estamos em período de férias. O vendedor Francisco Cavalcante da cidade de Monte Carmelo, no Triângulo Mineiro, foi notícia na tevê neste fim de semana. Ele ficou mais de 30 horas desaparecido na rodovia MG190 depois de perder o controle da camionete e despencar de uma ribanceira de 25 metros: ele dormiu no volante.

Cavalcante estava cansado, vinha trabalhando muito e dormindo pouco. Percorria diariamente 56 quilômetros, distância que separa a cidade onde mora do seu local de trabalho. O motorista, encontrado com a ajuda de um drone, hoje se recupera das lesões, mas a imprudência de dirigir cansado quase lhe custou a vida.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego, Antonio Meira Júnior, “muitas pessoas acreditam que uma parada, um cafezinho, lavar o rosto, colocar o som alto vai ajudar a dispersar o sono, mas isso não é o suficiente. O correto é não dirigir com sono”, afirma.

Neste período de férias, com o aumento do turismo doméstico e as chuvas de verão, a atenção ao volante deve ser redobrada. O Shopping SerrAzul, há mais de 28 anos ponto de parada segura de motoristas na Rodovia dos Bandeirantes, elenca dicas para que a viagem seja segura.

  1. Janeiro traz dias ensolarados, mas muitas chuvas de verão podem pegar o motorista de surpresa na estrada. A manutenção preventiva antes de viajar é obrigatória. Calibragem dos pneus, verificação de palhetas do limpador do para-brisas, amortecedores, freios, faróis, tudo deve ser revisado e testado.
  2. As chuvas muito volumosas podem criar a aquaplanagem, que é quando os pneus perdem contato com o asfalto ao passar sobre a água na pista. Essa situação pode acontecer com qualquer tipo de veículo, mesmo se os pneus forem novos. A primeira providência é reduzir a velocidade, pois com o piso molhado as distâncias de frenagem aumentam: um carro a 80 km/h precisa de 27 metros para parar sobre o asfalto seco, com a pista molhada, a distância é de 35 metros.
  3. Percebendo a direção leve e o motor girando mais rápido, como se estivesse acelerando sem estar engatado, não freie. Tire o pé do acelerador e deixe a velocidade cair sozinha. Mexa o volante lentamente para os dois lados para ajudar os pneus a retomarem o contato com a pista.
  4. Preste atenção na regulagem de bancos, temperatura interna, problemas visuais em decorrência de mal funcionamento do ar-condicionado ou desembaçadores, tudo isso desregulado forçam a vista do condutor causando cansaço excessivo e sonolência.
  5. Ansiedade em chegar ao destino costuma fazer com que o motorista ignore sinais evidentes de sono, como bocejos, cochilos rápidos, falta de concentração e cansaço excessivo ressaltando que a maioria dos acidentes ocorrem na chegada do destino quando o motorista ‘baixa a guarda’.
  6. Mau humor súbito, impaciência, câimbra e formigamento dos membros são indicativos para um descanso.
  7. Evite dirigir na madrugada especialmente entre as 2h e 6h, pois a temperatura corporal tende a cair e que pode contribuir com o sono.
  8. Manter o carro ventilado ajuda a renovar o ar, pois o ar não renovado causa sonolência
  9. Sua viagem não é um rally de regularidade e sim um passeio em família, faça uma viagem tranquila, sem estabelecer horários rígidos de saída e chegada.
  10. Evite alimentação pesada e pratos difíceis de digerir, pois causam sonolência devido ao tempo de digestão no estômago.
  11. É recomendado parar a cada 2 horas, assim dá para ir ao banheiro, tomar um café, esticar as pernas, fazer um alongamento e renovar as energias.
  12. Caso o sono vença todos esses esforços não hesite em parar e descansar imediatamente. Especialistas sugerem que o tempo de 20 a 30 minutos ajudam a renovar o ânimo, mas quem realmente sabe a condição física é quem está na direção. Descanse o necessário e não faça um cabo de guerra com o sono e cansaço, pois o perdedor poderá ser o motorista.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE