Edit

Canabidiol nacional vai ter nova faixa de preços

A primeira indústria farmacêutica a obter a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para comercializar o Canabidiol Brasileiro permitirá ainda mais acesso ao tratamento para a população nos próximos dias. A Prati-Donaduzzi aguarda publicação da Anvisa para o lançamento de  duas novas concentrações do produto no mercado, de 20 mg/ml e 50 mg/ml, possibilitando novas opções de dosagens e preços do único Canabidiol de produção 100% nacional, com qualidade e eficácia comprovadas.

A empresa já possui em comercialização, desde abril do ano passado, o Canabidiol Prati-Donaduzzi, na concentração 200mg/ml. De acordo com o diretor-presidente da Prati-Donaduzzi, Eder Fernando Maffissoni, a previsão é que o produto de 20 mg/ml chegue ao consumidor na faixa de valores entre R$ 240,00 a R$ 280,00.

“Estamos felizes em oferecer mais possibilidades de tratamento com o Canabidiol para os pacientes. Nossos produtos seguem todos os padrões de qualidade de uma indústria farmacêutica. Somos referência na produção de medicamentos no país e temos compromisso com a saúde dos brasileiros”, assegura Maffissoni.

Qualidade e acesso

Hoje o Canabidiol Prati-Donaduzzi na concentração de 200 mg/ml contém 6.000 mg de Canabidiol por frasco de 30 ml. As novas apresentações oferecem uma solução para quem busca o tratamento em menores concentrações para diferentes patologias e opções mais baratas. Os novos produtos estarão disponíveis em solução oral, na apresentação de 30 ml, o que significa que na concentração de 50 mg/ml haverá 1.500 mg de canabidiol por frasco e a de 20 mg conterá 600 mg.

“A diferença entre os produtos é apenas a concentração de canabidiol por ml, assim estes também são produzidos a partir de princípio ativo puro, totalmente livres da substância psicoativa THC (Tetrahidrocanabinol), que aliada à constante disponibilidade nacional, são os principais diferenciais de nossos produtos”, enfatiza.

Todas as concentrações do Canabidiol Prati-Donaduzzi são versões do medicamento que está em estágio final de estudo clínico fase III, através de uma parceria público privado entre a Prati-Donaduzzi e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo.

Após tornar o tratamento com canabidiol brasileiro uma realidade, a farmacêutica aposta nas novas concentrações para ampliar o tratamento aos pacientes que encontram nos produtos a melhora na qualidade de vida, evidenciando seu compromisso social com a população. “Os novos passos da Prati-Donaduzzi contribuem na acessibilidade do tratamento no país e reforçam a forte referência da farmacêutica em canabidiol”, finaliza Maffissoni.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE