Campinas torna Bolsonaro persona non grata

A Câmara Municipal de Campinas (SP) tornou oficialmente, na última segunda-feira (16), o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) persona non grata na cidade após votação de moção de protesto. Bolsonaro teria chamado os vereadores de otários e desocupados.
Com carreira política no Rio de Janeiro, o deputado, porém, é bastante conhecido em Campinas por ter vivido e estudado na cidade do interior paulista.  
???Diante de tamanha ofensa aos trabalhos desta Nobre Casa Legislativa, discordamos da clara tentativa de desqualificar o Poder Legislativo municipal e entendemos que o parlamentar passa a ser persona non grata em Campinas???, diz o documento, que será encaminhado ao deputado.
A moção de protesto foi ideia do vereador Pedro Tourinho (PT), em resposta ao posicionamento do deputado a respeito dos políticos da cidade. ???Essa Câmara Municipal de vocês aí é fraca. Estou me lixando para esses vereadores que votaram isso. Eles não têm o que fazer, são uns desocupados??? Esses vereadores são uns otários???, disse Bolsonaro em entrevista ao jornal Correio Popular, no último dia 1º.
O deputado xingou os vereadores após a Câmara aprovar um documento de repúdio à homenagem que ele fez ao torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra, quando votou a favor do processo de impeachment de Dilma. Na ocasião em questão, ele dedicou seu voto ao ???pavor de Dilma Rousseff???. A presidente afastada foi torturada na época do período militar. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE