Campinas discute golpe militar esta semana

A Câmara Municipal de Campinas abriga na próxima terça-feira (29/04) um seminário para debater as causas e os efeitos do golpe militar deflagrado no Brasil em 1964 e que acabou numa ditadura que perdurou por 21 anos. A convite da secretária municipal de Educação, Solange Villon Kohn Pelicer, estarão presentes no encontro o filósofo João Vicente Goulart Filho ??? filho do ex-presidente Jango – o cineasta Paulo Henrique Fontenelle e o historiador da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Caio Navarro de Toledo. O encontro será realizado a partir das 8h, no Plenário da Câmara. 
O golpe militar estabeleceu no Brasil um regime de exceção que permaneceu até 1985 ??? período no qual houve supressão das liberdades políticas, prisões arbitrárias, inúmeros casos de torturas, banimentos, humilhações e mortes, além de censura a jornais e revistas e perseguição a artistas.
A carreira política de João Goulart foi vertiginosa. Em 14 anos ele passou de deputado estadual que se elegeu com pouco mais de quatro mil votos para a Assembleia gaúcha em 1947, a presidente da República, em 1961. Mais impressionante ainda foi sua queda. Em dezoito dias, o líder popular que prometia uma ???revolução pacífica??? com as ???Reformas de Base???, perdeu o governo e teve que exilar-se no Uruguai para salvar a vida. Morreu 12 anos depois, quando se preparava para voltar e ser apenas um fazendeiro.
Em março de 1964, quando os militares tomaram o poder, Vicente era um menino de sete anos. Em entrevista, ele contou que na época, chegou a perguntar ao pai por que ele não era mais presidente. “O Congresso lá fez um decreto e me deixou sair antes do meu emprego”, teria respondido Jango.
Em 1973, com o golpe de Estado no Uruguai, a situação ficou ainda mais complicada. A família passou a residir na Argentina após convite do presidente Juan Perón. De acordo com a versão oficial, Jango morreu vítima de um enfarte fulminante, mas os parentes contestam e levantam a hipótese de que teria sido envenenado.
Estas e outras histórias da deposição e da vida no exílio, João Vicente vai reviver no encontro na Câmara.
O encontro é aberto ao público. O acesso ao plenário poderá ser feito pela Av. Engenheiro Roberto Mange, 66 no bairro da Ponte Preta. O evento será transmitido ao vivo pela TV Câmara ??? Canal 4 da Net e pela internet ??? no endereço eletrônico www.campinas.sp.leg.br

PROGRAMA????O ??? PALESTRA ???50 ANOS DO GOLPE MILITAR???
08:00 ??? 08:30 Recepção e café da manhã
08:30 ??? 09:00 Mesa abertura
09:00 ??? 09:30 Palestra historiador Caio Navarro de Toledo
09:30 ??? 10:00 Palestra cineasta Paulo Henrique Fontenelle
10:00 ??? 10:30  Palestra filósofo João Vicente Goulart (filho do ex-presidente João Goulart)
10:30 ??? 11:30 Debate e encerramento do evento

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE