Campinas. Avenidas fecham a partir de amanhã

Com índice de isolamento abaixo de 50%, as principais artérias viárias de Campinas serão bloqueadas a partir de quarta-feira- 6. A medida foi anunciada na tarde desta terça-feira (5) pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) em entrevista coletiva remota. A princípio, os bloqueios vão vigorar na quarta, quinta e sexta-feira, podendo ser retomada na próxima semana. Poderão haver bloqueios nas entradas e saídas da cidade, com apoio da Guarda Civil Metropolitana e de agentes da EMDEC.
SBO- RUAS DO CENTRO FECHADAS NO DIA DO PAGAMENTO
O objetivo é claro: evitar que a taxa de isolamento social fique abaixo de 50% até sexta-feira, quando o governo do Estado deverá anunciar as regiões que serão autorizadas a reabrir algumas atividades econômicas a partir do dia 11 de maio. ???Precisamos do engajamento da população, para não corrermos o risco do nosso plano de reabertura eventualmente não ser autorizado???, ressaltou.
Na segunda-feira, em entrevista no Palácio dos Bandeirantes, o governador João Doria (PSDB) alertou que as cidades que não atingirem o índice de, pelo menos, 50% de isolamento social, ficarão de fora do cronograma de reabertura da economia paulista, cujo início será em 11 de maio. Na terça-feira, o índice de isolamento social em Campinas, atualizado pelo Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo, era de 45%, uma queda de 12 pontos percentuais com relação a domingo, quando o índice chegou a 57%.
CURTAS< O setor de plantas e flores ornamentais, incluindo as floriculturas e o mercado de flores da Ceasa, poderão reabrir o atendimento em Campinas. Decreto publicado hoje pela prefeitura atualizou o decreto que define as medidas para o enfrentamento da pandemia decorrente do Coronavírus (COVID-19) pelos serviços essenciais em funcionamento no Município.< Ao flexibilizar o setor de plantas e flores, a prefeitura seguiu normas do Ministério da Agricultura e do governo do Estado, que incluiu o setor na lista de serviços essenciais. A medida vai beneficiar centenas de comerciantes, praticamente às vésperas do Dia das Mães. A maioria das floriculturas já estava atendendo em sistema delivery.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE