Edit

Chamou guarda municipal de “neguinho safado”, foi preso e depois solto

Dono de um bar na rua das Paineiras, em Americana, foi preso por desacato na noite deste sábado pelo Guarda Municipal. A ocorrência começou com uma caminhonete estacionada na faixa de pedestre.

A equipe da Gama aguardou por um certo tempo próximo ao veículo e como o proprietário não se manifestou, foi chamado o serviço de guincho para a remoção do mesmo. Neste momento, um dos proprietários do bar saiu do interior do estabelecimento proferindo injúrias raciais e palavras de baixo calão contra o subisnpetor da corporação. O empresário teria usado a expressão “neguinho safado”, de acordo com o boletim de ocorrência.

No mesmo instante do xingamento, o dono do estabelecimento recebeu voz de prisão por desacato. Nesse instante o mesmo ofereceu resistência e tentou correr para dentro do bar, mas foi contido pela equipe e foi encaminhado ao CPJ, onde foi elaborado um termo circunstanciado de ocorrência.

De acordo com o registro feito na Polícia Civil, foi necessário o uso de força e algema para conter o proprietário do bar. Um dos guardas sofreu uma lesão no pulso e joelho no momento que o acusado foi algemado.

O dono do estabelecimento foi liberado, mas terá que apresentar contas à justiça caso o guarda municipal abra um processo.

O empresário se posicionou na noite deste domingo. Leia na íntegra aqui.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE