Câmara de Sumaré realiza primeira sessão virtual

A Câmara Municipal de Sumaré realiza, pela primeira vez em sua história, uma sessão ordinária virtual. A reunião acontece nesta terça-feira (4), após o recesso parlamentar do mês de julho. A iniciativa é mais um esforço da atual presidência para evitar a propagação do Coronavírus nas dependências do Legislativo. A sessão será transmitida a partir das 15h e poderá ser acompanhada normalmente pelo canal da Câmara no YouTube, como já acontecia anteriormente.

A 23ª sessão ordinária do ano será realizada por meio de um sistema on-line que permitirá que todos os 21 vereadores participem, mesmo estando em suas próprias casas. Eles poderão discutir e votar os projetos normalmente, como acontece na sessão presencial. A permissão para que a Câmara pudesse realizar uma sessão remota foi dada por meio de um Ato da Mesa Diretora.

A decisão foi tomada após o aumento do número de casos confirmados e suspeitos entre funcionários e vereadores. A reunião on-line não terá custos extras ao Legislativo e será coordenada pela equipe própria do Departamento de Tecnologia da Informação da Câmara.

“É importante que a Câmara siga com suas atividades típicas, inclusive votando projetos de lei que deem condições de a cidade enfrentar a epidemia de Covid-19. Mas precisávamos encontrar uma forma de fazer isso com o menor risco possível para funcionários e vereadores, muitos dos quais já idosos e integrantes do grupo de risco. A sessão remota, algo inédito na história de Sumaré, permitirá que esta Casa de Leis siga cumprindo o seu papel”, destaca o presidente da Câmara, vereador Willian Souza (PT).

Na Ordem do Dia da sessão constam quatro Projetos de Lei: PL nº 35/2020, de autoria do vereador Dr. Sérgio Rosa (PDT), que cria o Programa Municipal de Incentivo ao Primeiro Emprego; PL nº53/2020, do vereador Dudú Lima (Cidadania), que dispõe sobre diretrizes para que os supermercados, hipermercados, farmácias, agências bancárias e postos de combustíveis disponibilizem para seus clientes produtos assépticos (álcool gel); PL nº 91/2020, de autoria do vereador Marcio Brianes (PDT), que denomina como Praça Diomaria Meira o Sistema de Lazer 02 do loteamento Parque Residencial Salerno; e o PL nº 109/2020, proposto pelo vereador Ronaldo Mendes (PSDB), que dispõe sobre o estabelecimento de horário especial e exclusivo para o atendimento dos consumidores maiores de 60 anos nos locais em que especifica, enquanto durarem os efeitos do estado de pandemia/epidemia decorrente da Covid-19.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE