Câmara de Sumaré convida Acias para debater pandemia

A Comissão de Assuntos Relevantes criada na Câmara de Sumaré pela Resolução nº 314, de 31 de março de 2021, se reuniu de forma virtual, na última sexta-feira (9), para dar início aos estudos de medidas para minimizar os efeitos negativos da pandemia de covid-19 sobre o comércio e a indústria do município.

Como primeiro ato, os vereadores optaram por convidar o presidente da Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré), Juarez Pereira da Silva, para que sejam colocadas as principais questões que os comerciantes e industriários enfrentam no momento.

Fazem parte da comissão o presidente da Casa, vereador Willian Souza (PT), o vereador Alan Leal (Patriota), vereador Ney do Gás (Cidadania), vereador Rai do Paraíso (Republicanos) e vereador Rudinei Lobo (PL). Segundo Willian, “a comissão surgiu por uma iniciativa da própria Associação Comercial e Industrial de Sumaré, que procurou a Câmara, com o intuito de rever e alterar legislações, bem como dar incentivos para geração de emprego e renda na cidade, além de diminuir o impacto que o comércio em sofrido”, explica.

O vereador Rudinei Lobo se manifestou, afirmando seu comprometimento com as atividades da comissão, “para que seja possível ajudar a população e o comércio da cidade, recebendo recomendações da Associação Comercial”. Já Rai do Paraíso expressou sua solidariedade aos comerciantes do município. “Este é um assunto muito relevante, se considerarmos a situação pela qual estão passando a indústria e o comércio. É um momento muito difícil não apenas para Sumaré, mas para o Brasil e o mundo”, completou.

Para Ney do Gás, “foi uma honra ter sido convidado para essa comissão, quero batalhar para valorizar nosso comerciante”, afirmou. O vereador Alan Leal agradeceu a oportunidade de compor o grupo, reiterando que “a comissão é muito importante para a cidade e será capaz de propor uma série de alternativas”.

Chácaras

Também na sexta-feira, se reuniu a Comissão de Assuntos Relevantes para o desenvolvimento de estudos sobre a regulamentação do uso de imóveis em áreas residenciais para festas e eventos. As primeiras medidas determinadas pelos membros do grupo foram o levantamento de toda a legislação sobre o tema, a convocação de fiscais de postura e de tributos, além do envio de ofício à Prefeitura sobre o mapa das chácaras do município.

Criada pela Resolução nº 312, de 24 de fevereiro de 2021, a comissão é formada pelos vereadores Willian Souza, Hélio Silva (Cidadania), Lucas Agostinho (DEM), Rai do Paraíso e Rudinei Lobo. O grupo visa analisar ações necessárias para disciplinar a conduta do Poder Público municipal e do cidadão, estabelecendo normas de polícia administrativa para a preservação da ordem e tranquilidade pública, a segurança, a salubridade, a boa conduta e as normas de boa vizinhança.

Os parlamentares esclareceram que a intenção da comissão é de estabelecer um diálogo tanto com os organizadores de eventos quanto com os moradores afetados pelas festas. Nas palavras do vereador Hélio, “temos que olhar para as pequenas festas e grandes festas. Tentaremos defender todos aqueles que vivem de festas, sem deixar de pensar nos vizinhos das chácaras. Estamos preparados para poder ajudar ambos os lados”, acrescentou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE