Câmara Americana deve demitir 15 assessores por falta de diploma

O presidente da Câmara de Americana, Thiago Martins (PV), afirmou, nesta quinta-feira, que deve demitir 15 assessores que não possuem ensino superior. A decisão de Thiago pelas demissões é decorrente de um apontamento do Tribunal de Contas no mesmo tema porém, na gestão passada.

Segundo Thiago, as contas da última gestão já trouxeram os apontamentos e o objetivo é regulamentar para que o mesmo não aconteça na sua gestão à frente do poder legislativo. “Tudo que for pra organizar e trazer benefício pra Câmara, a gente vai acatar”, disse Thiago.

Hoje a Câmara possui 57 assessores (3 por vereador), 15 não possuem o ensino superior concluído, sendo que alguns concluem os estudos ainda este ano. Desses 15, 4 ou 5 não estão matriculados.

“Estamos conversando com o corpo técnico da casa pra gente ver a possibilidade de regulamentar isso. O Tribunal aponta que isso tem que ser imediato. Se tem que fazer, vamos acatar”, disse o presidente.

Thiago ainda lembrou que isso já aconteceu com o corpo técnico da casa – hoje todos possuem ensino superior -, e que agora será feito também na assessoria dos vereadores. “Isso já vem sendo esperado desde 2015, só aconteceu na minha gestão, fui premiado”, disse.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE