Brutalidade: homem mata a golpes de botijão de gás

A dona de casa Iasmin Garcia de Jesus, de 22 anos, foi brutalmente assassinada na tarde desta quinta-feira ao ter a cabeça esmagada a golpes de botijão de gás e o corpo perfurado por três facadas ??? testa, peito e axila esquerda ???, no bairro Chácara Cruzeiro do Sul, na região do Campo Grande, em Campinas. Segundo a PM, o principal suspeito do crime é o ex-marido da vítima, um homem de 45 anos que trabalha como segurança em um posto de combustíveis no Jd. Itatinga e está foragido.O crime teve requintes de crueldade. Antes de mata-lá, o assassino deixou a jovem nua e amarrou os pés, mãos e pescoço com um pedaço de pano. ???Eu escutei os gritos, mas não chamei a polícia antes porque quase todos os dias eu ouvia os dois discutindo???, contou uma vizinha, que preferiu não se identificar.No último sábado, a jovem deu um basta na relação e foi embora. Ontem, no entanto, retornou ao imóvel para buscar documentos do filho de 1 ano. ???Desde o final de semana eles estavam separados. Foi só colocar o pé dentro da casa que começou a briga???, completou a vizinha.
Agressivo A vizinhança contou que o casal se conheceu numa boate do Jardim Itatinga, onde a jovem trabalhava.Os dois moravam no imóvel de aluguel havia pelo menos três anos, sempre com alguns arranca-rabos. Além disso, os moradores da rua onde a vítima morava contaram que o segurança sempre ficava agressivo quando consumia drogas.A Polícia Civil de Campinas iniciou a busca pelo ex-marido da vítima, que ainda não foi encontrado.
Do IG 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE