Bruno Covas é homenageado na Câmara de Sumaré

Os vereadores de Sumaré homenagearam o ex-prefeito de São Paulo Bruno Covas, que morreu aos 41 anos de idade, no último domingo (16), após lutar contra o câncer. Apresentada pelos vereadores Alan Leal (Patriota) e Tião Correa (PSDB), a moção de pesar nº 174/2021 foi aprovada pela Mesa Diretora da Câmara na sessão desta terça-feira (17).

Durante a reunião, o vereador Alan Leal lembrou do tempo em que militou ao lado de Bruno Covas na juventude. “Ele era sempre muito alegre, muito sorridente, uma pessoa que amava fazer política”, descreve Alan. “No ano passado, tive a felicidade de trabalhar ao lado dele, fui subprefeito na Casa Verde. A morte dele é uma grande perda para a política”, completa.

Correligionário de Covas, o vereador Tião Correa (PSDB) classifica que não só o partido, mas o Brasil como um todo perde um grande político. “Nessa pandemia, Bruno Covas chegou a levar a própria cama para o prédio da prefeitura, para dar os despachos e não precisar ir embora para casa e correr o risco de se contaminar com o Covid, já que ele estava tratando do câncer. Isso vai ficar marcado”, avalia o vereador.

Economista formado pela PUC e advogado pela USP, o santista Bruno Covas teve uma trajetória de quase duas décadas no PSDB. Ele se aproximou da política ainda na adolescência, sob influência do avô, o ex-governador Mario Covas. Antes de assumir a Prefeitura de São Paulo, onde ficou entre 2018 a 2021, Bruno foi deputado estadual, deputado federal, secretário estadual de Meio Ambiente e vice-prefeito de São Paulo. Morreu aos 41 anos de idade no Hospital Sírio-Libanês.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE