Edit

Brochi homenageia judocas e Malheiros de olho no transporte da Apae

O vereador Thiago Brochi (PSDB) realizou neste domingo (24), no Centro Cívico de Americana, o 8º Festival de Judô. O evento celebra a Semana Municipal de Judô, conforme a lei municipal nº 5.525, de sua autoria em 2013, que tem como base o calendário internacional do Dia Mundial do Judô (28 de outubro). O festival contou com a participação do prefeito Chico Sardelli, do vice-prefeito Odir Demarchi e da secretária municipal de Esportes, Grasiele Rezende. Houve a adesão de 13 professores (senseis) e dezenas de alunos de academias, que fizeram apresentações e foram assistidos pelos pais e mães nas arquibancadas.

 

A organização do evento tomou todos os cuidados e seguiu protocolos do Plano São Paulo de Combate à Covid-19, com a disposição de álcool em gel e máscaras aos participantes. Ao final, os alunos foram agraciados com uma medalha e os professores receberam certificados de participação. Brochi, que também é judoca, explicou que o objetivo em promover a Semana Municipal de Judô foi estimular a prática esportiva. “O esporte acabou muito prejudicado durante a pandemia e realizamos o festival para, aos poucos, retomar a modalidade”, ressaltou.

 

“Estamos voltando com as atividades esportivas no município e é importante um evento como esse. Esporte é vida e saúde”, acrescentou o prefeito Sardelli. “O judô americanense é forte e vamos manter a tradição, unindo os praticantes dessa modalidade”, completou o vereador.

Malheiros questiona transporte de estudantes da APAE

O vereador Vagner Malheiros (PSDB) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações ao Poder Executivo sobre o transporte escolar ofertado aos alunos que estão matriculados na APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Americana. No documento, o parlamentar relata ter recebido questionamentos a respeito da qualidade do serviço prestado pelo poder público aos estudantes. Malheiros frisa que o transporte gratuito é primordial para aqueles que não têm condições de arcar com os custos e lembra que o benefício é direito dos que moram distante das escolas.

 

“Temos que destacar que é uma questão de cidadania. Se o cidadão cumpre com os seus deveres, com o pagamento de impostos, em contrapartida o poder público tem que oferecer um serviço de qualidade”, destaca o autor. No requerimento, o parlamentar questiona quantas crianças, adolescentes e adultos utilizam o transporte escolar para a APAE, quantos veículos executam o serviço e qual o itinerário de cada um deles. Malheiros pergunta também se os ônibus estão com as revisões em dia e se todos possuem cinto de segurança. Pede ainda que seja enviado documento que comprove a autorização para circulação dos veículos.

 

O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em Plenário na próxima sessão ordinária, que acontece na quinta-feira (28).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE