Brasil vinga 7 a 1, mas no Haiti

O Brasil fez o que se esperava nessa quarta-feira e goleou o Haiti por 7 a 1, no estádio Citrus Bowl, em Orlando. O placar, icônico por conta do vexame que a Seleção sofreu para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, garantiu a primeira vitória da equipe no Grupo B da Copa América Centenário. Na estreia, o time canarinho não teve atuação de destaque e empatou por 0 a 0 com o Equador.
Antes do jogo ter início, a torcida brasileira deu mostra da insatisfação com o time e vaiou o técnico Dunga durante o anúncio da escalação. Com a bola rolando, a Seleção foi muito superior ao adversário e fez três gols no primeiro tempo, com Philippe Coutinho (duas vezes) e Renato Augusto. Gabigol, Lucas Lima, Renato Augusto e Coutinho completaram o placar na etapa complementar, enquanto Marcelin descontou para o Haiti.
A facilidade em construir a goleada permitiu que Dunga testasse um esquema de caráter mais ofensivo no segundo tempo, com Lucas Lima no lugar de Casemiro. O volante do Real Madrid recebeu o segundo cartão amarelo no duelo e será desfalque na próxima rodada. Após levar o gol, contudo, o treinador teve mais cautela e trocou Elias por Walace, que possui características mais defensivas.
O Brasil jogará pela classificação no próximo domingo, contra o Peru, às 19h30 (de Brasília), em Foxborough. Apesar da vitória confortável diante do Haiti, o time terá de vencer o rival sul-americano para garantir a vaga nas quartas de final sem depender de outros resultados. O outro jogo do grupo, entre Equador e Haiti, está marcado para as 19h30, em Nova Jersey.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE