Edit

Brasil Kirin estreia em casa com vitória

Se a primeira impressão é a que fica, a torcida do Vôlei Brasil Kirin pode esperar muitos resultados positivos na temporada 2016/2017. Na noite desta terça-feira (06), na estreia dentro de casa, o time campineiro atropelou Santo André por 3 a 0 (25/11; 25/16 e  25/15), para 1450 espectadores no Ginásio do Taquaral, em Campinas, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. 
O ponteiro Diogo foi o principal pontuador do duelo com 15 acertos, seis deles em saque. Com a vitória, a segunda no torneio estadual, o time campineiro chegou aos seis pontos na classificação. O próximo confronto será contra Sesi-SP, na sexta-feira (09), às 19 horas, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo. Os dois times brigam pelas primeiras posições. 
O técnico Horacio Dileo acompanhou a partida das tribunas do Taquaral. Recuperado de um problema de saúde, o treinador do Vôlei Brasil Kirin deve voltar ao banco de reservas na próxima partida dentro de casa, contra Taubaté, no próximo dia 16. 
O JOGO ??? O Vôlei Brasil Kirin teve domínio completo da partida e do set inicial. Desde o início, o time campineiro impôs um ritmo forte no saque e abriu 8 a 6 na primeira parada. O ponteiro Diogo comandou ditou o ritmo dos donos da casa sacando forte. O camisa 7 anotou dois aces e dificultou a vida da linha de passe adversário, ajudando os mandantes a criarem oportunidades de contra-ataque. Com bom aproveitamento na virada de bola e larga vantagem na segunda parada (16 a 10), os donos da casa fecharam a primeira parcial após bloqueio de Baiano: 25 a 11. 
Na segunda parcial, Diogo manteve o bom desempenho no saque e anotou mais dois aces, obrigando Santo André a pedir tempo (5 a 1). Mais uma vez, o sistema defensivo funcionou bem, com o bloqueio ajudando. No ataque, Rodriguinho comandou a distribuição e fez o central Matheus e o oposto Baiano jogarem com liberdade. A dupla combinou para seis pontos na parcial e a vantagem chegou a oito pontos (16 a 8). Com ace de Vini, o Vôlei Brasil Kirin abriu 2 a 0: 25 a 16. 
A novidade no terceiro set foi a entrada do levantador Jotinha. Da quadra, o camisa 6 viu o Vôlei Brasil Kirin manter o ritmo intenso e a agressividade no saque. Se Diogo e Vini foram destaque nos sets anteriores no serviço, desta vez foi Baiano quem roubou a cena. Ele engatou uma sequência de seis saques seguidos e foi alargando a diferença na reta final (19 a 9). 
Jotinha comandou o ataque e o bloqueio campineiro na última parcial, apesar do 1,88 de altura. Além de deixar os atacantes confortáveis no jogo, ele anotou dois dos seis pontos do paredão campineiro no período e foi determinante para que o time campineiro fechasse o set por 25 a 15 e o jogo por 3 a 0. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE