Brasil. 55% quer mais transparência nas relações de trabalho

No Brasil, levantamento realizado pela Ipsos, em parceria com The Global Institute for Women´s Leadership, aponta que mais da metade da população (55%) gostaria de ter o direito de saber o salário de colegas que realizam funções semelhantes. Outros 20% pensam que não deveriam ter esse direito. Apesar dos números expressivos, os brasileiros ocupam apenas a 19ª posição em um ranking com 28 países.

Na média global, 56% dos entrevistados gostariam de ter esse direito, contra 20% que acreditam que não. Um trio sul-americano lidera essa cobrança de mais transparência nas políticas salariais das empresas. Chilenos (70%), peruanos (67%) e argentinos (66%) são os que mais desejam ter acesso a esse tipo de informação.

A pesquisa on-line foi realizada com 20.520 entrevistados, sendo mil brasileiros, com idade entre 16 e 74 anos de 28 países. Os dados foram colhidos entre 22 de janeiro e 05 de fevereiro de 2021 e a margem de erro para o Brasil é de 3,5 pontos percentuais.

Sobre a Ipsos

A Ipsos é uma empresa de pesquisa de mercado independente, presente em 90 mercados. A companhia, que tem globalmente mais de 5.000 clientes e 18.130 colaboradores, entrega dados e análises sobre pessoas, mercados, marcas e sociedades para facilitar a tomada de decisão das empresas e das organizações. Maior empresa de pesquisa eleitoral do mundo, a Ipsos atua ainda nas áreas de marketing, comunicação, mídia, customer experience, engajamento de colaboradores e opinião pública. Os pesquisadores da Ipsos avaliam o potencial do mercado e interpretam as tendências. Desenvolvem e constroem marcas, ajudam os clientes a construírem relacionamento de longo prazo com seus parceiros, testam publicidade e medem a opinião pública ao redor do mundo. Para mais informações, acesse: www.ipsos.com/pt-br

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE