Bombeiros- Orientações para evitar afogamentos

O verão é a estação mais quente do ano e registra as maiores altas na temperatura. Uma opção para se refrescar diante do calor intenso é o passeio em locais como praias, rios e piscinas. Porém, nem todos os lugares são próprios para o banho.

???Em Sumaré, nossas represas são impróprias para banho. Na nossa região, o mais aconselhável é utilizar clubes e parques aquáticos. Em caso de acidentes, deve-se comunicar o salva-vidas para atuação e acionar o Corpo de Bombeiros ou SAMU, para atendimento. Seguindo cuidados simples, a diversão está garantida???, explicou o comandante do Corpo de Bombeiros de Sumaré, Mário Bertolo.

???São dicas simples, mas que fazem a diferença na segurança de nossos moradores. Caso algum problema ocorra, nosso Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal estarão de prontidão para atender a população???, disse o prefeito Luiz Dalben.

Caso ocorra algum acidente a população pode ligar para o Corpo de Bombeiros pelos números 193/38732147, SAMU 192 e para a Guarda Municipal pelos telefones 153/ 38732656. Porém, para que a diversão não gere riscos desnecessários, o Corpo de Bombeiros da cidade divulgou alguns cuidados e dicas de atenção básicas para evitar acidentes e garantir a brincadeira segura. Confira:

– Procurar um local conhecido e onde exista sempre a presença de guarda-vidas;

– Respeitar as faixas e os avisos, além de não entrar em locais onde há alerta de perigo de morte ou em águas poluídas;

– Não se banhar em locais impróprios;

– Não superestimar sua capacidade de nadar. Avalie as consequências de um possível incidente;

– Em água doce ou salgada, procurar locais rasos e sem correnteza;

– Crianças exigem cuidado redobrado. Elas devem estar sempre próximas, com boias de braço ou coletes, sempre conforme o peso. ?? importante evitar brinquedos próximos à piscina (isto atrai as crianças);

– Sempre que possível, optar pelo uso do colete salva-vidas (especialmente em crianças). Em água doce ou em embarcações, seu uso é imprescindível e fará a diferença entre vida e morte;

– Atentar para a sinalização de praia. Observar a bandeira fixada no posto dos guarda vidas;

– Não tentar salvar pessoas vítimas de afogamento sem estar habilitado. Neste caso, lance algum objeto que a ajude a flutuar e acione guarda-vidas ou a emergência pelo telefone 193;

– Objetos flutuantes (boias e pranchas) passam falsa impressão de segurança. O ideal é optar por um colete salva-vidas;

– Evitar aproximar-se de costões. Ao caminhar sobre as pedras destes ambientes, observe antes se uma onda não poderá atingi-lo e jogá-lo no mar;

– Antes de mergulhar, certifique-se da profundidade. Um acidente pode provocar sequelas irreversíveis;

– Nunca nadar após ingerir bebidas com álcool, alimentos ou se estiver passando mal ou com frio;

– Evitar áreas de saída de barco ou prática de esportes aquáticos (kitesurfe, surfe);

– Sempre acatar as orientações dos guarda-vidas.

 

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE