Boataria atinge educação Americana

A conversa de que Americana está às portas de sofrer intervenção federal tem criado mal estar enorme na secretaria de Educação de Americana. A conversa espalhada pelos atuais auto declarados comandantes da pasta tem se alastrado e chegou ao sindicato com muitas professoras perguntando se a categoria vai ficar sem receber gratificações, progressões e outros valores agregados ao salário.
As ligações a diretoras do sindicato aumentaram neste começo de semana e as dúvidas são se o pagamento deste mês virá sem as progressões e outros adicionais. A informação é de que esse mês o salário virá normalmente com aditivos. O risco é para os próximos 40 dias.
SEM CHEFE- Pra piorar a situação, os boatos são espalhados por pessoas que não comandam de fato a pasta. A SecEduc está acéfala há 20 dias, desde que o secretário Sérgio Cabrini pediu licença médica. Na semana passada, ele anunciou que ia pedir demissão, mas até agora nada foi definido.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE