Black Friday fecha com mais de R$5,1 bilhões

A Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (ABComm) divulgou que as vendas online da Black Friday de 2020 atingiram o faturamento de R$ 5,1 bi de faturamento (quinta e sexta-feira), em comparação com a mesma data no ano passado, com uma arrecadação 31% maior. Quando analisamos a semana da Black Friday (segunda a sexta) o percentual chega a 45% de crescimento, com um total de R$6,9 bi.

Outros setores e empresas levantaram dados sobre a data Veja:

Após a Black Friday de 2020, um dos setores que apresentou o maior crescimento em relação ao último ano foi o de food delivery. Em um período onde os consumidores tem passado um período maior em casa, algumas empresas tem se benefíciado da grande adesão ao modelo. A Box Delivery, empresa especializada em soluções tecnológicas para serviços de logística, apresentou um crescimento no volume de entregas de 321% em relação à ultima Black Friday, com o recorde de entregas diárias de 7600 entregas.

Quando analisamos todo o mês, frente ao mesmo período de 2019, esse percentual chega a 312%. Novembro que já vinha sendo positivo para a empresa, teve a data já consolidada como uma das mais relevantes  do comércio representando cerca de 6% das entregas e 20% das entregas de toda a semana.

“Com a adesão de marketplaces e dos próprios comerciantes que fornecem promoções na Black Friday, vimos um aumento do número de usuários que solicitam entregas. Para lidarmos com a demanda preparamos o time operacional e do nosso lado uma promoção para termos um incentivo para os entregadores que correrão do nosso lado durante no dia, além de um time de atendimento alinhado, que atuou rapidamente para solucionar qualquer eventual problema” explica Felipe Criniti, CEO da Box Delivery.

O modelo de clube de assinaturas foi outro destaque desse ano. O modelo de negócio que  já apresentava um crescimento de 12% em relação ao mesmo período de 2019viu um incremento ainda maior com a Black Friday,  projetando um crescimento maior até o final deste ano.

Na Betalabs, por exemplo, especialista em clube de assinaturas isso foi comprovado em diferentes números. Em relação a Outubro, a empresa teve um crescimento de 127% de novas assinaturas. Já os acessos ao site aumentaram 85% em relação ao mês anterior. Mais especificamente na sexta-feira, o número de assinantes foi 450% maior que o número de usuários que contrataram o serviço nos outros dias do mês, correspondendo a média de um novo assinante a cada 30 segundos.

Segundo o sócio fundador, Luan Gabellini, “a expectativa foi superada, confirmando a tendencia de crescimento apontada desde o inicio da pandemia”, declarou.

 

Sobre a ABComm

Fundada em 2012, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) surgiu para fomentar o setor de e-commerce com informações relevantes, além de contribuir com seu crescimento no país. A associação reúne representantes de lojas virtuais e prestadores de serviços nas áreas de tecnologia da informação, mídia e meios de pagamento, atuando frente às instituições governamentais em prol da evolução do setor. A entidade sem fins lucrativos é presidida por Mauricio Salvador e conta com diretorias específicas criadas para fomentar todo o setor, entre elas: Novos Negócios; Relações Governamentais; Mídias Digitais; Relações Internacionais; Meios de Pagamento; Capacitação; Desenvolvimento Tecnológico; Empreendedorismo e Startups; Jurídica; Métricas e Inteligência de Mercado; Crimes Eletrônicos; e Marketing. Para mais informações, acesse: www.abcomm.org

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE