Bingo- Bozo Vidaloka vai ser Brasil no Oscar

‘Bingo: O Rei das Manhãs’, protagonizado por Vladimir Brichta, foi escolhido pelo Brasil para disputar uma vaga na lista dos cinco indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 2018. 
O longa é inspirado na vida de Arlindo Barreto, ex-intérprete do palhaço Bozo.

Segundo a Academia, o critério de seleção levou em consideração a obra que melhor “expressasse o universo brasileiro, tivesse boa linguagem cinematográfica e que houvesse compreensão mundial”. 
Recentemente, Bingo também foi escolhido pelo Brasil para disputar uma vaga entre os quatro finalistas do Goya, prêmio espanhol de cinema, na categoria destinada a produções ibero-americanas. 

Tecnicamente bem realizado, com roteiro equilibrado e atuação competente de Vladimir Brichta, Bingo é não só um bom filme como também tem um apelo pop que pode funcionar bem para plateias internacionais. Primeiro longa da carreira de Rezende, já indicado ao Oscar pela montagem de Cidade de Deus, O rei das manhãs é uma cinebiografia ficcionalizada de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo, atração televisiva infantil dos anos 1980. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE