Bill no lançamento da Frente Parlamentar do Saneamento

Nova Odessa – único município da microrregião que trata 100% do esgoto coletado ??? esteve representada pelo prefeito Bill  no lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Saneamento Básico, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (29), na Câmara dos Deputados. Presidente do Consimares (Consórcio Intermunicipal do Manejo de Resíduos Sólidos) e do Consórcio PCJ, Bill participou do evento ao lado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e do presidente da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), Ronaldo Nogueira.

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Saneamento Básico será presidida pelo deputado federal Enrico Misasi (PV-SP). O principal objetivo do grupo de trabalho é a aprovação das proposições legislativas que aperfeiçoam a proteção e a gestão dos recursos hídricos, assegurados os ajustes que se fizerem necessários nos textos em discussão no Congresso Nacional.

“Saneamento básico é essencial para saúde, economia e produção. ?? essencial para o desenvolvimento de uma sociedade e de um país. E por isso que eu tenho a satisfação de poder dizer ao ministro Ricardo Salles, ao Ronaldo Nogueira, presidente da Funasa, ao próprio deputado Enrico, que vai presidir essa Frente Parlamentar, que Nova Odessa trata 100% do esgoto coletado. E que quando nós assumimos o governo, em 2013, esse percentual era de 7%. Fizemos um investimento muito pesado em saneamento básico, porque ele dá qualidade de vida para a nossa população. Não à toa, Nova Odessa é uma das melhores cidades da Região Metropolitana de Campinas”, disse o prefeito.

O prefeito lembrou que Nova Odessa devolve água limpa ao Ribeirão Quilombo. “A recuperação do Quilombo é uma bandeira que eu carrego como prefeito de Nova Odessa e presidente do Consórcio PCJ e do Consimares. E isso só será possível se todas as cidades fizerem a sua lição de casa, ou seja, parem de despejar esgoto in natura no ribeirão. Nova Odessa pode se orgulhar disso”, salientou.

Bill ressaltou ainda que Nova Odessa é autossustentável no que diz respeito ao abastecimento de água e lembrou que o município já se prepara para o futuro com a construção da segunda estação de tratamento de água, a ETA Santo ??ngelo. “A água que abastece os imóveis é captada nas nossas próprias represas e com a construção da ETA Santo ??ngelo, teremos capacidade para tratar e abastecer uma população de até 105 mil moradores, sendo que a nossa população atual ainda não chegou em 60 mil pessoas”, disse.

“Nosso principal objetivo é criar um território permanente de diálogo sobre o saneamento e torná-lo visível no debate nacional. Em pleno século XXI ainda temos problemas de países pouco desenvolvidos do século XIX, com 100 milhões de pessoas sem acesso a serviços de esgoto e 30 milhões sem acesso a água”, disse o deputado Enrico Misasi.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE