Bill destaca Habitação e Meio Ambiente em 2014

O prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza, fez um balanço de sua administração. Ao completar dois anos de mandato, o prefeito destaca os investimentos em Habitação e Meio Ambiente como as principais conquistas de 2014. Como o senhor avalia sua administração nestes dos primeiros anos?Posso dizer que fizemos muito, graças a Deus. A cidade está avançando e conquistamos obras e recursos importantes, principalmente junto ao Governo do Estado. Eu só posso agradecer, primeiro a Deus, por estar prefeito, e depois à população de Nova Odessa pela confiança depositada em mim e na minha equipe. Ainda há muito para fazer, mas nesses dois anos nós estamos mudando a cidade. As obras viárias, principalmente a duplicação da Rodolfo Kivitz, a revitalização da Ampelio Gazzetta, a recuperação da Rodovia Astrônomo Jean Nicolini e a reforma da rodoviária já são avanços importantes, mas existem muitas outras ações que conquistaram reconhecimento da população por colocarem Nova Odessa novamente no eixo do desenvolvimento com sustentabilidade. As obras são então a marca do seu segundo ano de governo?Não somente as obras, mas os resultados que elas proporcionam. Este ano de 2014, acredito que os grandes destaques da administração tenham sido os projetos habitacionais e ambientais. O sorteio dos 720 apartamentos do Residencial das Árvores foi algo emocionante demais. O sorriso, o choro emocionado, o abraço das pessoas sorteadas, tudo isso é muito gratificante. Nossa previsão é entregar os imóveis no ano que vem e as obras estão bastante adiantadas. Também já anunciamos mais 300 unidades habitacionais. Isso é trabalhar para quem mais precisa. E a cidade finalmente conquistou a certificação Município VerdeAzul?Essa certificação era uma meta em nosso governo. Com ela fica muito mais fácil buscar recursos junto ao Governo do Estado para investir na área ambiental. Precisamos incentivar mais a coleta seletiva, mas para isso precisamos de um novo caminhão. Agora que temos o selo, posso pedir isso ao governo e, com certeza, vamos conseguir. Mas, além disso, ter esse reconhecimento oferecido pelo Estado é a prova de que estamos no caminho certo. Nós mudamos a legislação para multar quem promove queimada e quem joga lixo em local irregular. Nenhum prefeito gosta de aumentar valores de multas, mas neste caso era necessário. As pessoas precisam ter consciência de que manter a cidade limpa é um dever de todos. Nós estamos investindo. Fizemos mutirões de limpeza, recolhemos lixo espalhado pelas vias públicas, implantamos o Ecoponto no Monte das Oliveiras que está sendo um sucesso e acabamos com os antigos lixões. Agora precisamos da colaboração da população, não só para não jogar o lixo nas vias, mas também para denunciar quem faz o descarte irregular.  Nova Odessa, assim como outros municípios de São Paulo e de Minas Gerais, está enfrentando um período de pouca chuva. O desassoreamento das represas e o programa de recuperação de nascentes já estavam nos seus planos ou foram investimentos feitos diante do cenário de estiagem?As duas coisas já estavam sim nos nossos planos, mas a urgência em implantá-las veio do período de estiagem. Ninguém vive sem água. Nova Odessa tem suas represas, mas se não cuidarmos das nascentes elas vão secar. Aliás, estou pagando, até janeiro, a conta pela desapropriação das represas que temos hoje. Encontramos, com a seca, a chance de desassorear as represas e aumentar nossa capacidade de reserva de água para evitar novos ‘apertos’ no futuro. Investimos mais de R$ 1,4 milhão nesse trabalho. O Plano de Sustentabilidade Hídrica, que inclui a recuperação das nascentes, estava em andamento desde o ano passado, mas o trabalho foi acentuado agora. Também mudamos a legislação para aumentar a área de preservação no entorno das represas. Acredito que Deus coloca em nosso caminho desafios para que possamos superar e ganhar sabedoria. Se hoje enfrentamos um período de pouca chuva, devemos aprender o quanto é importante economizar água e garantir nosso abastecimento no futuro. Só para relembrar as ações do primeiro ano de mandato, quais o senhor destacaria?A implantação das 12 horas de atendimento nas creches, sem dúvida, melhorou a vida de muitos pais. Eu sempre digo que nossos filhos são nosso maior patrimônio e acho importante que os pais possam trabalhar tranquilos, sabendo que seus filhos estão bem cuidados e que eles têm tempo suficiente para sair do trabalho e buscá-los nas escolas. Investimos muito na educação, com a troca do mobiliário e do material didático das escolas. Reformamos em 2013 e reinauguramos este ano duas creches, nos bairros Santa Rita e Marajoara, que tinham apresentado problemas na obra. Fizemos um remanejamento e com isso criamos 350 novas vagas em creche. A implantação do sistema de videomonitoramento também destacou a cidade no cenário regional.Sem dúvida. Reduzimos os índices de criminalidade e chegamos à marca de recuperação de 60% dos veículos furtados na cidade. A nossa Guarda Civil Municipal responde por 80% dos flagrantes realizados. Tudo isso graças ao investimento no videomonitoramento, na nova sede, nas novas viaturas e novas armas. Estamos dando condições para que os guardas trabalhem melhor. Todos agora têm seguro de vida, por exemplo. Contratamos novos guardas e criamos a ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), com treinamento, armamento e viatura diferenciada. Qual foi, neste período, sua maior dificuldade?Infelizmente não posso fazer tudo o que eu quero. Existem limitações de orçamento e a própria legislação engessa a administração pública. Acho que todo trabalhador tem que saber que a Prefeitura de Nova Odessa é como uma empresa com 1.400 funcionários. Não é fácil coordenar tudo isso. Minha maior dificuldade é garantir o atendimento humanizado, não só na saúde, onde isso é essencial, mas em todos os setores. Conto com a colaboração dos servidores, concursados e comissionados, e sou muito grato àqueles que se empenham para fazer o melhor pela nossa população, mas é preciso melhorar nossa recepção ao cidadão. ?? preciso sempre se colocar no lugar daquele que está ali em busca de uma informação ou de um atendimento. Por isso eu ando muito. Visito obras, visito o hospital, os postinhos, o Clube da Melhor Idade, as escolas. Eu gosto de ouvir das pessoas que utilizam nossos serviços o que está acontecendo. Apesar das dificuldades, esse retorno tem sido bom. Espero melhorar ainda mais nossa administração e, juntos, vamos construindo uma cidade cada vez melhor. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE