Edit

Bares querem mais além do fim da fase vermelha

Campinas, 03 de fevereiro de 2021 – O fim da Fase Vermelha no Plano São Paulo, anunciado nesta quarta-feira (03) pelo governo do Estado, a partir deste final de semana, é positivo, mas traz baixo impacto para os bares e restaurantes. Mesmo com a abertura liberada aos sábados e domingo, com restrição de atendimento até 20h em todos os dias, o setor calcula uma perda semanal de R$ 60 milhões na região, segundo estimativa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Região Metropolitana de Campinas (Abrasel RMC).

 

Na fase Laranja, os bares, constituídos por sua grande maioria por micro e pequenos negócios e que representam cerca de 30% do setor, continuam impedidos de abrir para atendimento presencial. Outro fator importante é que o movimento noturno responde por 54% do consumo do setor de alimentação fora do lar, com pico entre 20h30 e 22h.

 

Segundo um levantamento da Abrasel RMC, a cada semana de fases híbridas – Vermelha e Laranja – os bares e restaurantes contabilizaram um prejuízo de R$ 80 milhões. Caso a RMC seja mantida na Fase Laranja na reclassificação da próxima sexta-feira, a Abrasel RMC estima que a abertura no final de semana reduzirá os prejuízos de R$ 80 milhões para R$ 60 milhões.

 

Para tentar aliviar a situação dos estabelecimentos com dificuldades de caixa para pagamento de contas e salários, e aumentos de produtos da cesta de alimentos com o aumento da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), a Abrasel RMC encaminho ofício para a Prefeitura de Campinas, solicitando duas horas extras de permissão para atendimento para quem estiver na casa até 20h, inclusive para bares.

 

“A retirada parcial das restrições no final de semana é um alívio, melhor do que estar fechado, mas não resolve o problema do setor como um todo”, comenta Matheus Mason, presidente da Abrasel RMC. “É preciso que o setor volte a trabalhar, seguindo todas as normas e recomendações de espaçamento e cuidados, para que tenha fôlego para pagar suas contas e salários dos funcionários”.

Apelo

A Abrasel vem reforçando junto aos seus associados e a todo o setor que tomem todos os cuidados no tocante às regras de distanciamento e medidas sanitárias de combate à pandemia. “Somos um setor que preza pelas regras e a maioria dos donos de bares e restaurantes tem seguido as normas às riscas, cuidando da saúde de seus funcionários e clientes”, alerta o presidente da entidade.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE