Barbarense ganha prêmio especial da Etec

As alunas da Etec Prof. Dr. José Dagnoni, de Santa Barbara D???Oeste, Arielly Samara Perez e Lillian Galvani Dias foram premiadas com seu projeto de Adesivo transdérmico para cicatrização em feridas de diabéticos mellitus (dm) a partir de resíduos vegetais com carotenoides e óleos essenciais.
Com a orientação da professora Vivian Marina Barbosa Ramires, elas foram destaque no Prêmio Abritec; Prêmio Destaque Instituto 3M na 17ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace).

O projeto Redução da toxicidade de efluentes de curtumes até as condições de água potável, da Escola Técnica Estadual (Etec) Prof. Carmelino Corrêa Junior, de Franca, ficou com o 1º lugar da categoria Engenharia na 17ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). O trabalho é de autoria da aluna Havilla Layane Matos Cardoso, que foi orientada pela professora Joana D’Arc Félix. O mesmo projeto recebeu outras quatro premiações.
Ao todo, trabalhos de 8 unidades do Centro Paula Souza (CPS) conquistaram 15 prêmios no evento. A Febrace, que é promovida pelo Laboratório de Sistemas Integráveis da Poli, da Universidade de São Paulo (USP), contou com a participação de 20 projetos de estudantes de 17 Etecs. Cerca de 300 trabalhos de alunos de nível médio de instituições públicas e privadas de todo o Brasil estiveram expostos entre terça (19) e quinta-feira (21).
“Essas vitórias vêm mostrar cada vez mais que a educação científica é o caminho para a redução das desigualdades, para a transformação social e para incentivar esses jovens a não desistirem dos sonhos diante de obstáculos”, afirmou Joana.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE