Ávila cobra por CIP e Carlão as condições das ambulâncias

O vereador Celso Ávila (PV) pede informações à Administração Municipal, por meio do Requerimento nº 175/2021, sobre a prestação de serviços de iluminação pública por empresa terceirizada no Município. “O cidadão barbarense, que contribui mensalmente com a CIP (Contribuição de Iluminação Pública), quer a garantia de serviços de qualidade. No entanto, recebo muitas reclamações de morosidade e me preocupo com a insegurança gerada pelos pontos escuros”, considera o parlamentar.

No requerimento, Celso pergunta qual é o valor contratual da empresa Tecnolumen, que operacionaliza o serviço de iluminação no Município; quais são os telefones que a empresa disponibiliza para atendimento à população; se existe endereço para atendimento presencial; qual é a previsão contratual de troca de lâmpadas queimadas; e quantas lâmpadas estão sendo trocadas diariamente. O vereador questiona, ainda, se existe alguma pendência financeira contratual por parte da Prefeitura com a Tecnolumen e pede cópia do contrato com a mesma.

CARLÃO QUER SABER DA CONSERVAÇÃO DAS AMBULÂNCIAS

O vereador Carlão Motorista (Republicanos) protocolou, hoje (26), requerimento de informações à Administração Municipal a respeito do atual estado de conservação das ambulâncias pertencentes à Prefeitura. O parlamentar afirma ter sido procurado por diferentes munícipes com questionamentos e reclamações a respeito da frota de ambulâncias de Santa Bárbara d’Oeste.

No pedido de informações, o vereador questiona quantas ambulâncias estão disponíveis no Município, indagando também o número de veículos parados ou necessitando de reparos. Carlão Motorista também questiona a periodicidade das manutenções desses veículos e a quantidade de ambulâncias utilizadas para o transporte de pacientes para outras cidades.

O parlamentar aproveita o requerimento para perguntar qual é a orientação da Prefeitura para pacientes que precisem fazer o agendamento para uso da ambulância e qual é o tempo de antecedência necessário para conseguir reservar um veículo. Ele também questiona o procedimento para pacientes que precisam de transportes frequentes, como os que são encaminhados à fisioterapia mais de uma vez por semana.

Carlão Motorista pergunta, ainda, quantas ambulâncias ficam à disposição dos munícipes aos finais de semana, assim como o número de veículos equipados com UTI móvel. E, havendo necessidade da UTI móvel, ele pergunta se, além do motorista, algum servidor da área da saúde acompanha o transporte desse paciente.

Por fim, o vereador questiona a periodicidade em que motoristas, socorristas e técnicos de enfermagem recebem novos uniformes, equipamentos de uso diário, treinamentos e equipamentos de proteção individual.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE