Aterro gera ciúmes e acusações entre vereadores

A votação em torno da atualização da legislação de Americana para que a cidade consiga verbas ambientais gerou um duro embate nas palavras, insinuações e votos esta tarde na Câmara de Americana. O mais atacado foi o vereador Welington Rezende (PRP), apontado como oportunista ou ‘a serviço’ de uma das empresas que estariam de olho em área da cidade.
Os vereadores da situação disseram que WR fazia proselitismo e descumpria o acordade antes da votação. O principal detrator de Rezende foi Pedro Peol (PV), que faz insinuações que ele estaria a serviço de um importante grupo do ramo de limpeza.
Por seu turno, Rezende disse que o futuro vai mostrar quem tem razão nesse embate e que os defensores da exploração sem regulação foram os que votaram a favor do projeto.

Revisão do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos SólidosFoi aprovado com quinze votos favoráveis e duas abstenções, com emenda, o projeto de lei nº 126/2017, de autoria do Poder Executivo, que revisa o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Americana.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE