Ataques cibernéticos, como se proteger?

Não é novidade para ninguém que o ano de 2020 trouxe transformações consideráveis para todas as empresas, por conta do grande acontecimento que foi a pandemia mundial causada pela Covid-19. O isolamento social obrigou a muitas organizações a se tornarem cada vez mais digitais, o que aumenta as possiblidades de um risco catastrófico provocado por um hacker.

Diante deste cenário, o número de ataques cibernéticos aumentou vertiginosamente em diversos setores. Segundo dados da Fortinet Threat Intelligence Insider Latin America, em 2020, aconteceram 3,4 bilhões de tentativas de ataques virtuais entre janeiro e setembro no Brasil, de um total de 20 bilhões em toda a América Latina e Caribe. E isso, infelizmente, está longe de ser algo do passado.

Por isso, é importante criar alternativas para resguardar os dados, principalmente com a LGPD, que está em vigor desde o ano passado e que prevê multas altas em caso de vazamento de informações.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE