Assassino do facebook ‘cassado’ pela polícia

(Reuters) – A procura por um suspeito de assassinato que a polícia norte-americana diz ter postado um vídeo de si mesmo atirando em um idoso em Cleveland, no domingo, foi ampliada nesta segunda-feira com autoridades pedindo ajuda ao público e que o suspeito se entregue.
A polícia disse ter procurado em “dezenas de localizações” pelo suspeito, Steve Stephens, e que tentou convencê-lo a se entregar quando conversou com ele por telefone no domingo. Entretanto, Stephens continua à solta enquanto a busca por ele se expande para Ohio e Estados vizinhos, informou a polícia.
“Obviamente esse indivíduo está armado e é perigoso, e francamente nesse momento ele pode estar em qualquer lugar”, afirmou o agente especial do FBI Stephen Anthony, em uma coletiva de imprensa em Cleveland.
A polícia disse que Stephens usou o Facebook para postar o vídeo em que mata Robert Godwin Sr., de 74 anos. A polícia acredita que Stephens não conhecia Godwin, um operário aposentado que, como informado pela mídia, passou a manhã do domingo de Páscoa com seu filho e nora antes de ser assassinado na rua.
Stephens, que não tem antecedentes criminais, não é suspeito de nenhum outro assassinato, apesar da reivindicação que faz no vídeo de ter matado mais de uma dúzia de outras pessoas, segundo a polícia.
“Nós sabemos que Steve está por aí”, disse o chefe de polícia de Cleveland, Calvin Williams. “Nós estamos pedindo para que o público continue vigilante. Nós estamos pedindo para que vocês sigam com sua rotina, mas tenham cuidado.”

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE