Artistas atacam Cauê por não aprovar emendas

Artistas de Campinas acusam o deputado Cauê Macris (PSDB), de Americana (SP), filho do deputado federal Vanderlei Macris, também tucano de Americana, cancelou a emenda que garantia mais verbas para o ProAC Editais, de propor medidas que beneficiam mais as empresas do que os artistas.A emenda fazia parte de um acordo iniciado em 5 de novembro, quando  ocorreu uma audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) para discutir a elevação dos recursos do ProAC Editais de R$ 30 milhões para R$ 100 milhões.A comissão de educação e cultura da ALESP, coordenada pelo deputado Paulo Rillo (PT) foi quem chamou a audiência, incorporando um movimento da classe artística que já existe há algum tempo e pede melhorias no Programa de Ação Cultural.
OUTRO LADO- Segundo a assessoria de Cauê, há uma confusão no entendimento do movimento e da divulgação de ataque ao deputado. 
Não procede a reclamação, inclusive relatório do deputado foi aprovado ontem pela Comissão de Finanças e Orçamento da Casa. Foi acatada emenda do Proac feita pela comissao, que era de R$ 4 milhões e o deputado ainda colocou mais R$ 10 milhões em outros três projetos. O orçamento da Cultura para 2014 sera maior que 2013. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE