Após vexames, UAB vence 1a

Depois de passar colecionando vergonhas por causa da crise financeira e do vexame de fazer os jogadores dormirem no chão do ônibus, o União Barbarense desencantou e venceu a 1a partida da Série A2 do Campeonato Paulista.

O Votuporanguense começou o jogo pressionando com força total. Aos 4 minutos, Anderson Magrão chutou para Jerfeson fazer boa defesa. 5 minutos mais tarde, uma verdadeira blitz, quando Marzagão, Pikachu e Marcão se revezaram em quatro finalizações seguidas, para duas boas defesas do goleiro barbarense e mais dois bloqueios da zaga.
Aos 10, mais uma má notícia para o União, quando Renatinho caiu sozinho no gramado, acusando estiramento muscular na coxa e sendo substituído por Fernandinho. Melhor para o CAV: Pikachu e Cavalo saíram mais duas vezes na cara de Jerfeson, que salvou novamente o time aos 13. Aos 20, entretanto, o goleiro não aguentou. Depois de Pikachu receber a bola na meia-lua e sofrer falta, a defesa barbarense parou e o árbitro aplicou a lei da vantagem quando Magrão pegou a sobra e saiu cara-a-cara com Jerfeson para abrir o placar.
Depois do gol, o time visitante seguiu no ataque, mas com mais cautela. Foi inevitável a diminuição no ritmo do jogo já que, mesmo não sofrendo mais tantos sustos, o União não tinha qualidade para chegar ao ataque. A primeira e única oportunidade do Leão no primeiro tempo foi aos 42, em cabeceio de Raphael, quando o goleiro rebateu em cima de Melinho, que nada pôde fazer depois que a bola explodiu nele e espirrou na trave, saindo pela linha de fundo.
Na volta do intervalo, o jogo era lento até Amauri receber lançamento na área e ser atropelado ao fazer o pivô, recebendo pênalti demarcado para o União e convertido por Melinho, em seu primeiro gol na volta ao clube, aos 11. O Leão da Treze se animou com o gol e começou a dominar o jogo, chegando com Douglas aos 20, que receberia ótimo lançamento se não fosse cortado pela defesa, e Amauri aos 21 e 23. Na primeira, impedido, na segunda, acabou se enrolando com a bola e tentou simular uma falta inexistente.
Aos 31, logo depois de entrar, Gustavo Vinteccinco roubou a bola do zagueiro visitante e bateu forte para o goleiro espalmar. Passando dos 35, o jogo ficou novamente parelho, com o setor ofensivo do Votuporanguense exigindo algumas boas defesas de Jerfeson.
Mas o segundo tempo era mesmo da reação barbarense. Quando eram jogados 43 minutos, em falta cobrada por Raphael, o goleiro Vitor espalmou e a bola, depois de resvalar em Melinho, se ofereceu para Gustavo Vinteccinco encher o pé e colocar, pela primeira vez no ano, o União Barbarense na frente do placar! Até valeu a pena o cartão amarelo por tirar a camisa na comemoração.
Ainda deu tempo de Ewerton se enroscar com o atacante adversário, Anderson Cavalo, que acabou expulso de campo. A torcida, pequena mas fiel, comemorou o apito final como um título. (SBNoticias)
Confira a ficha técnica atualizada:
UNI??O BARBARENSEJerfeson; Flávio (Vitor), Baggio, Ewerton e Raphael; Claudinei, Luis Fernando, Renatinho (Fernandinho) e Melinho; Douglas (Gustavo Vinteccinco) e Amauri.Téc.: Cláudio BrittoCART??ES AMARELOS: Luis Fernando, Claudinei e Gustavo VinteccincoGOLS: Melinho (11′ 2ºT) e Gustavo Vinteccinco (43′ 2ºT)
VOTUPORANGUENSEVitor; Douglas (Pacheco), Paulo Henrique, Marcão e Kleber; Xaves, Diogo Marzagão, Elvinho (Arthur) e Ualisson Pikachu (Makanaki); Anderson Magrão e Anderson Cavalo.Téc.: Ito RoqueCART??O AMARELO: KleberCART??O VERMELHO: Anderson CavaloGOL: Anderson Magrão (20′ 1ºT) 
ÁRBITRO: Roberto PinelliASSISTENTES: William Rodrigues Deodato e Luiz Fernando de MoraesQUARTO ÁRBITRO: José Roberto Marques 
LOCAL: Estádio Antonio Guimarães, em Santa Bárbara d’Oeste.P??BLICO: 420 pagantes, 55 não pagantes – menores de 12 anos.RENDA: R$4.200,00

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE