Aprovado projeto que viabiliza luz para bairro em Nova Odessa

A Câmara de Nova Odessa aprovou nesta segunda-feira (7) o projeto de lei de autoria do Executivo que permite a doação dos ativos elétricos e redes de energia à CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). De acordo com as informações repassadas pela prefeitura aos parlamentares, a medida é necessária para que a companhia tome as providências adequadas ao fornecimento de energia elétrica ao bairro Bosque dos Cedros, na região central da cidade.

De acordo com a justificativa do projeto, a transferência atende a uma exigência da Resolução  Normativa 229/2006 da Agência Nacional de Energia Elétrica. No debate do projeto, o vereador Antonio Alves Teixeira, o Professor Antonio, agradeceu aos vereadores que permitiram a apreciação do projeto em regime de urgência.

“Obrigada a todos os vereadores, que fizeram, cada um a seu modo um esforço, para que hoje o prefeito pudesse mandar esse projeto para a Câmara”, disse o parlamentar.

O vereador Wagner Morais destacou que a situação dos proprietários de imóveis do bairro Bosque dos Cedros se aguardam a regularização do bairro há mais de 40 anos. “Na gestão do ex-prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza foram tomadas as medidas necessárias para regularização do bairro, que está em uma região nobre da nossa cidade e agora esses proprietários finalmente podem construir suas casas”, explicou.

Luta

“Fizemos muitas reuniões e audiências na Câmara e na prefeitura e, com a união do Executivo e do Legislativo, podemos dizer que estamos chegando à reta final e quem será beneficiado são todos aqueles que têm seus imóveis naquele bairro”, completou o vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin.

“Todos nós entendemos a importância desse projeto e desse momento. Foi uma luta de muitos e muitos anos. Conheço pessoas que compraram terrenos neste bairro há muitos anos e sempre tiveram o desejo de construir sua casa. Já passou tempo demais. Vamos pôr um fim nesse assunto”, afirmou o vereador Levi Tosta, o Levi da Farmácia.

O vereador Sílvio Natal, o Cabo Natal, que afirmou ser um dos proprietários de imóveis no local, destacou que a batalha pela regularização dos terrenos já dura 41 anos e que já existem moradores no bairro, mesmo sem energia elétrica.

“Além da energia elétrica, agora o pessoal quer construir e eu quero chamar a atenção do prefeito para a necessidade do TVO (Termo de Verificação de Obra), para que ele possa liberar o mais rápido possível. Eu sou um dos que vai ser beneficiado, eu tenho terreno lá, e foi uma luta desde 1980. Quem vai ser beneficiado com essa aprovação é toda a sociedade de Nova Odessa”, disse Natal.

Paulo Bichof disse que foi procurado por proprietários que estão com a casa pronta, mas continuavam sem energia. “É uma atitude nobre em benefício daqueles que anseiam pela casa própria”, afirmou.

Oseias Domingos Jorge também falou sobre a ansiedade dos proprietários, citando alguns nominalmente, para falar sobre a importância do projeto. “É esse presente que estamos debatendo hoje na Câmara”, afirmou.

O presidente da Câmara, Elvis Ricardo Maurício Garcia, o Pelé, lembrou que o ex-presidente da Casa, o ex-vereador Vagner Barilon, também trabalhou para que a situação do bairro fosse regularizada. “Quarenta anos é uma história muito longa. É uma justiça o que está se fazendo agora. As pessoas que têm seus terrenos poderão vender, construir, tudo com documento certinho”, finalizou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE